11 de Agosto, Dia do Garçom, o Profissional que Mantém o Equilíbrio.

3
490

Reza a lenda que o Dia do Garçom é comemorado em onze de agosto porque, nesta mesma data, também há o Dia do Advogado, ou, o Dia da Pendura e por isso, estes profissionais têm trabalho dobrado. Pois, neste dia, muitos restaurantes aceitam que os advogados comam sem pagar como um presente em forma de homenagem.

Historiadores afirmam que a profissão de garçom começou no Antigo Egito. Pois os faraós eram servidos por este tipo de trabalhador. Porém esta função só foi reconhecida como profissão na França do século dezoito.

Em 1765, na França, um comerciante desafiou tabus e preconceitos ao vender uma sopa, que misturava ingredientes proibidos e afrodisíacos, num salão próprio. Esta atitude foi considerada uma ousadia para a época. Pois esta comida só tinha autorização para ser comercializada em hospedarias. Como esta sopa fez sucesso, as pessoas apelidaram o prato e o lugar de “restaurant”.

Então para servir esta comida proibida, o negociante contratou rapazes adolescentes que os franceses chamaram de garçons. Afinal garçom significa garoto em Francês. Para chamar a atenção da freguesia, o comerciante vestiu os funcionários com uma espécie de fraque e gravata à borboleta. Naquele mesmo local, uma viúva rica ficou tão encantada com a beleza e o bom atendimento dos garçons, que resolveu dar uma joia para cada um. Deste jeito, nasceu a gorjeta.

Os anos se passaram e vários restaurantes com garçons surgiram na Europa. Lá a recompensa extra por um trabalho excelente passou a ficar famosa no pagamento de uma bebida, ou, em moeda para poder compra-la. Este hábito tornou-se popular na Alemanha no ano de 1509. Reza a lenda que um artesão pediu dinheiro para um freguês porque desejava comprar bebida utilizando a palavra “trinkgeld”, referindo-se integralmente ao pagamento inteiro.

Esta forma de agrado virou costume em muitos restaurantes do mundo, sendo uma gratificação ao trabalho de garçom.

Nos Estados Unidos o garçom é muito valorizado por isto os 10%, de gorjeta, é uma maneira de ganha-pão que este profissional, também, possui. Ao utilizar um restaurante no exterior seria falta de educação não dar uma gratificação ao bom atendimento recebido. Já no Brasil há uma resistência por parte dos fregueses no pagamento da gorjeta. Mas há algumas leis e regulamentações em vigência, que estão regularizando esta forma de gratificação nas redes alimentícias.

Existem vários tipos de garçons, que leremos abaixo:
  • Ombro amigo: este tipo de garçom foi imortalizado na música do cantor e compositor Reginaldo Rossi, que diz: “Garçom, aqui nesta mesa de bar / você já cansou de escutar / milhares de histórias de amor…”
    Este tipo de profissional, além de servir os clientes e arrumar as mesas, também, escuta os problemas amorosos deles, oferece conselhos e um ombro amigo.
  • Cupido: é o profissional, que além de servir os fregueses, passa bilhetes com declarações de amor, pelo salão, como um anjo de correio elegante. Ele é uma mistura de Santo Antônio com trabalhador eficiente e por isto, mesmo sem querer, já juntou muitos casais e realizou vários casamentos. Por isto, este tipo de garçom acredita em amor à primeira vista.
  • Bom-Bril: tem mil utilidades. Pois além de servir os fregueses, também tem a capacidade de cozinhar, lavar a louça e zelar pela segurança sem reclamar.
As habilidades de um excelente garçom são:

Equilíbrio, gentileza, paciência, simpatia, ótima memória, boa noção espacial, agilidade, conhecimento dos itens do cardápio e o domínio de uma segunda língua.

Há cursos de garçom em instituições como: SESC, SENAC e ONGS legalizadas.

Este profissional merece ser valorizado. Portanto, presenteie o seu garçom favorito neste dia tão especial.

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here