Pesquisar e Planejar

0
58

Há no Brasil, e é percebido por todos os brasileiros e brasileiras, uma crise política e econômica que, juntamente com uma dificuldade histórica do INSS, culminou na instabilidade da previdência social.  E um dos desdobramentos desta instabilidade foi o significativo aumento da procura, pela população, por planos de Previdência Privada, ou Previdência Complementar, como também é chamada.

Esse é um assunto que toda a população deveria estar envolvida, e que os políticos eleitos pelo povo, olhassem com a mesma atenção e respeito, pois o assunto impacta significativa e diretamente na vida da pessoa, do seu núcleo familiar e na economia local e nacional. Ou seja, previdência, pública ou privada, é sim, assunto muito sério.

Ter renda adequada na aposentadora é fundamental, mas a previdência, no aspecto geral que esse texto pretende abordar, pode ser usado também para outros meios. Explico. Temos a previdência infantil, a partir do nascimento da criança e com CPF já cadastrado, é possível fazer a reserva que, já no início da vida adulta, esse, agora jovem, poderá usar para fazer uma faculdade, abrir uma startup, montar um escritório ou consultoria, fazer uma pós no exterior, depende dos anseios de cada pessoa.

Os recursos, quando existem, oferecem a dignidade da escolha para cada um. Outra possibilidade é, como os fundos de investimento da previdência complementar são mais vantajosos que a poupança, uma pessoa pode usar para programar a compra da casa própria, montar um negócio, fazer um curso no exterior, tudo depende do objetivo de cada um e de suas possibilidades. No mercado há muitas empresas financeiras e seguradoras que oferecem os planos.

Entenda, Previdência não é custo, é investimento. E mais, Previdência existe para tornar real sonhos e dar dignidade em qualquer idade, portanto, planejar é preciso! E mais que isso, pesquisar e entender onde aplicar sua reserva financeira é essencial. Você precisa pesquisar e fazer contas. Ver taxas, carregamentos, tempo de reserva. Se fará um PGBL ou VGBL, e como disse, se fará em uma instituição financeira ou em uma Seguradora. Parece assustador, mas não é. Conte com um consultor de seguros para isso, tire suas dúvidas, analise seu perfil, seus sonhos, seu objetivo, faça muitas contas e com o planejamento certo você verá seus projetos se tornando reais.

Só para se ter uma ideia em termos numéricos, veja os dados da FenaPrevi, federação que representa 70 seguradoras e entidades abertas de previdência complementar no país. No primeiro semestre, os planos privados de previdência acumularam R$ 52 bilhões, 13% a mais do que nos seis primeiros meses de 2015. Ou seja, entrou mais dinheiro em fundos de previdência privada do que saiu. A captação líquida, que é a diferença entre depósitos e resgates, foi positiva, com saldo de mais de R$ 25,6 bilhões, o que representa uma alta de 7,64% comparando com o mesmo período de 2015, quando as transações ficaram em R$ 23,8 bilhões. Mesmo com todo esse cenário político caótico, brasileiros e brasileiras estão planejando e investindo parte de seus rendimentos em previdência privada.

Particularmente acredito que, grande parte da população pode iniciar sua previdência complementar, na consultoria que presto, analiso todo o perfil da pessoa e mostro de onde esses recursos podem vir sem abrir mão do que lhe dá prazer agora. Faça uma análise, há previdências no mercado, em fundos bons, com taxas e carregamentos adequados e com contribuição inicial menor que R$ 100,00 mensais que já iniciam ao menos a cultura de poupar. Pesquisar e planejar, não esqueça. Volto com mais informações sobre previdência.

Caso tenha dúvidas, me escreva.

 

Alessandra Batista
Consultora de seguros

Celular: 11 97115-7777 –  WhatsApp
E-mail: alessandra@bemfamiliaseguros.com.br

 

assinatura

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here