6 de agosto – Dia em que o Mundo conheceu a Rosa de Hiroshima.

0
259
Rosa de Hiroshima - Mariane Bach

Dia em que o Mundo sentiu pela primeira vez uma Bomba Atômica matar civis e causar destruição em massa na cidade japonesa de Hiroshima.

A Segunda Guerra Mundial, conflito que aconteceu entre 1939 a 1945, conseguiu um final que mostrou o poder de armamento destrutivo dos Estados Unidos: o bombardeio nuclear nas cidades japonesas de Hiroshima e Nagasaki.

Na data de 30 de abril de 1945, na metade da invasão de Berlim pelo exército soviético, Adolf Hitler cometeu suicídio, e o almirante Doenitz gerou uma nova política, implorando a paz. Berlim foi invadida em 2 de maio. Logo, no dia 7, a Alemanha rendeu-se em Reims.

A Segunda Guerra estava quase acabada. Porém algumas revoluções ainda ocorriam no Pacífico. E foi no Japão, mais precisamente em Hiroshima e Nagasaki, que o mundo viu a mais bombástica criação do ser humano. Em 6 de agosto de 1945, foi jogada a primeira bomba atômica em conflito.

Isto foi exatamente em Hiroshima, em 6 de agosto de 1945, no horário de 8h15min..

A Guerra estava, praticamente, no final e Hiroshima continuava de pé. Os políticos estimulavam o povo a manter seu dia a dia. Naquele instante, os japoneses escutaram a campainha alertando a aproximação de uma aeronave rival, que era do tipo B-29, chamada de “Enola Gay”, pilotado por Paul Warfield Tibbets Jr. Da aeronave, foi jogada a primeira bomba atômica sobre uma cidade, seu apelido era “Little Boy”.

No mesmo instante as construções sumiram junto com as plantas, transformando Hiroshima num deserto. Num raio de 2 quilômetros, do hipocentro da explosão, tudo ficou destruído. Então uma onda de calor insuportável, espalhou raios térmicos, como a radiação ultravioleta. As pessoas que estavam perto foram mortas na hora e outras tiveram seus corpos desintegrados. Uma chuva radioativa caiu contaminando tudo.

Dia 9 de agosto uma bomba, também, foi lançada em Nagasaki.

Nos dias seguintes, muitas pessoas morreram por conta das consequências de queimaduras, envenenamento radioativo e outros problemas, que pioraram pelos efeitos da radiação.

Dados estatísticos revelaram que em Hiroshima faleceram 140 mil pessoas e em Nagasaki 70 mil. Com isso, os Estados Unidos além de mostrar seu poder bélico ao Mundo, retribuiu aos japoneses o ataque surpresa do dia 7 de dezembro de 1941, onde o Japão declarando Guerra aos Estados Unidos bombardeia Pearl Harbor, e com isso, fazendo os estadunidenses entrarem e vencerem a Guerra.

 

Em 15 de agosto, depois da declaração de guerra da União Soviética, o Japão anunciou sua rendição aos Aliados. Em 2 de setembro, o governo japonês assinou o acordo de rendição, acabando a Segunda Guerra Mundial.

Todos os anos na data de 6 de agosto, há uma celebração especial no Japão para lembrar as vítimas de Hiroshima. Lá este dia é recheado de orações, rituais e palestras, inclusive, de sobreviventes.

Cenas fortes pós bomba

Anos depois o poeta brasileiro, chamado Vinicius de Moraes, escreveu um poema chamado Rosa de Hiroshima que foi musicado por Gerson Conrad, que adaptou a canção para o cantor Ney Matogrosso cantar com sua banda denominada Secos & Molhados, em 1973. A letra da música é um grito pacifista que fala sobre as consequências da bomba atômica.

É necessário que a sociedade debata sobre as bombas atômicas e suas consequências para evitar tragédias semelhantes no futuro.

Créditos:
Imagem de destaque: Rosa de Hiroshima | Mariane Bach – Blog Imaginário

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here