8 Surpreendentes curiosidades sobre a Maravilhosa Rússia.

3
300
Visão geral da cidade com Kremlim ao fundo

Desde pequena, quando brincava de banco imobiliário, conquistar o território da União Soviética era sempre uma estratégia que colaborava para a vitória, visto a supremacia da nação sua posição geográfica. A região também era Conhecida por mim como palco para as aventuras de James Bond, lutando contra os vilões do mundo ou inimigos da KGB (agência russa de espionagem).

Claro, recentemente, a então agora Rússia, tem sido exaustivamente citada por ter influenciado a última eleição dos EUA. Fora isso, pouco sabia desta forte potência mundial, até quando realizei o sonho de conhecê-la.  Passei poucos dias em Moscou, mas que foram suficientes para me surpreender com a arquitetura, ambiente e particularidades da cultura Moscovita, inclusive derrubando alguns conceitos pré-concebidos.

  1. A cor do céu é absolutamente fantástica. Pode parecer bobagem, mas sempre que eu olhava para cima o azul celeste parecia algo saído de um quadro. Mesmo às quatro horas da madrugada, quando cheguei à Moscou, o céu estava claro com um azulado que permitia um leve toque de escuridão.
  2. WIFI, KFC e H&M definitivamente se tornaram símbolos universais. Nada exagerado, mas na medida certa. Como grande parte dos países europeus, a população é menos fissurada em celular. Nas ruas, as pessoas conversam ou apenas mantêm o olhar no horizonte. O mesmo ocorre nos restaurantes. Nada de cabeça para baixo teclando no celular.
  3. Mesmo sendo considerado ponto turístico (os Russos classificam como o mais bonito do mundo) com a arquitetura singular, há uma característica assustadora no Metrô. São cento e noventa e seis estações que atendem aos sete milhões de passageiros por dia, e não há um único banheiro (quer dizer, li que em uma determinada estação foi instalado uma estrutura de banheiro público). Segundo algumas pessoas, a razão disso é falta de vontade política (apenas alguns shoppings oferecem esta facilidade, porém não gratuitamente).
  4. Sorria sempre. Você estará sendo filmado a todo o momento, por várias câmeras. Até mesmo nos tradicionais ônibus turísticos Hop On. Hop Off. (aqueles em que você sobe e desce nos pontos de interesse) há câmeras. Em todas as estações de metrô, a cada quinhentos metros (aproximadamente) há uma cabine onde um funcionário fica monitorando diversas telas com o vai e vem de pessoas na estação. Creio eu que seja por conta de ataques terrorista que o país sofreu num passado recente.
  5. As frutas e verduras têm aroma e sabor singulares. Já tinha ouvido falar de outros países nos quais saborear uma fruta é algo dos deuses, mas desconhecia esta dádiva da agricultura Russa. É possível sentir o aroma do pêssego, por exemplo, mesmo a considerável distância. As cerejas são as mais deliciosas que já comi.
  6. Eles não falam inglês de jeito nenhum. Li vários blogs, os quais alertavam para este gap do país – que já sediou jogos de inverno e fará as honras da Copa do Mundo 2018. Não é tão assim. Quer dizer, a sinalização é quase zero, com exceção de “saída”, “entrada”, “wi-fi zone”, “open”, “close”, entre outras expressões mundialmente tradicionais. Fora isso, nada em inglês. Por outro lado, encontrei muitas pessoas dispostas a dar informações em inglês, muito embora sem formar uma única frase completa. De toda forma, funcionou.
  7. A máfia Russa definitivamente passa pelo sistema de Táxi. A ponto de anunciarem nos trens para que se tenha cuidado com táxis ilegais. Poucos, bem poucos motoristas falam inglês. Em qualquer lugar que esteja, é sempre aconselhável negociar os valores antecipadamente.
  8. A comida é deliciosa e barata, assim como bebidas alcoólicas. Talvez por conta da temperatura média de 11 graus (em pleno verão Russo), o que me encantou foi a variedade de chás disponíveis em todos os lugares. Chás aromáticos, de vários tipos, servidos de uma maneira singularmente charmosa. Até mesmo um simples chá da tarde é forrado de requinte.

Já visitei alguns países Europeus e confesso que este foi o mais surpreendente, em especial pela arquitetura extravagante, colorida e riquíssima nos detalhes. Não há sequer um prédio observado sem aquele olhar de encantamento. Tudo é suntuoso. Tudo é grandioso. As calçadas são largas (e limpas).

Existem alguns locais que conquistam nosso coração. Aquele tipo de viagem que você faria novamente. A Maravilhosa Rússia foi um deles para mim.

Obrigada por sua leitura.

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here