A importância da Cadeia de Viagem

1
108

Candeias Banner

Saiba como aproveitar as questões competitivas locais a fim de diferenciar o seu polo turístico dos demais cantos do mundo.

Quem de vocês nunca passou meses planejando aquela viagem dos sonhos para realizar nas férias, seja com a família, amigos, ou até mesmo a Lua de Mel?

Com as diversas mudanças economias que o nosso país vem sofrendo, são poucas as pessoas que podem dizer: “acho que para Londres esse fim de semana”.

Simples assim, liga em uma agência de Turismo ou faz a compra no Ticket Aéreo direto com a empresa de viagem, e deixa para decidir os passeios quando chegar ao seu ponto de destino?

Mas sabemos que não é bem assim que funciona, neste processo existe 03 fases:

Fases da ViagemFases da viagem

Antes

Decidir qual será o destino, seja pelos Canais de informação (experiências anteriores de amigos, buscas na internet, ou sugestões das próprias agências de viagem baseadas em seu perfil e no valor disposto a investir naquele momento).

Durante

Nesta fase você adquiriu o seu pacote, e já está saboreando os prazeres da cultura local.

Depois

É tudo que vai ficar na sua lembrança, sejam momentos bons ou ruins.

Mas a questão que eu quero tratar com vocês é sobre Sensibilização de Empresários locais, pois para tudo funcionar perfeitamente neste processo da Cadeia de Viagens, seja para os fornecedores locais, o agente de viagem, o guia turístico, comércio local, enfim gerar lucros e benefícios a todos os envolvidos e ainda serem considerados como um polo de referência é preciso trabalhar com parcerias.

Mesmo porque, “os Guests” te avaliarão e você poderá fazer parte da lista de referência de melhores lugares para viajar, afinal todos sabem que existem diferentes tipos de premiações no segmento de Turismo.

Abaixo apresento apenas parte dos envolvidos neste processo:

Cadeia

E o fato de termos a cada dia um maior público chamado de “Consumidores Exigentes”, o mercado nos leva há um caminho que exige mudanças estratégicas, parcerias, conhecimento do público alvo.  E o seu polo turístico está preparado para receber este público?

 

O Turista denominado “consumidor” vai buscar por uma experiência completa onde ele esteja conectado com todas as informações necessárias no momento da sua viagem, e para isso deve-se criar todo um mecanismo de relacionamento com o turista. É um momento em que ele estará colecionando experiências, que posteriormente gerarão lucro e crescimento para a comunidade local.

 

Foco

E tudo isso só será possível se houver a criação e desenvolvimento de produtos e serviços turísticos, coerência do destino.

Algum lugar já existe Associações que se encarregam de criar toda esta estrutura para receber o viajante, e muitas vezes a direção desta associação é representada por um ou mais líderes donos do próprio comércio local, que acabam assumindo posições de governança dentro da associação a fim de criar maior integração com os agentes locais.

A união de todas estas forças reunidas trabalhando por uma melhor estrutura, promoção e marketing local, bem como comercialização do pacote como um todo, é fato que acontecerá o crescimento econômico e financeiro da localidade.

Depois de toda esta abordagem, eu te pergunto: você esta preparado para receber pessoas? Sua cidade possui a estrutura necessária para ser um grande polo turístico?

 

Alessandra Batista

LOGO ABTEspecialista em novos negócios e planejamento estratégico
Mentoria para empreendedores embasada métodos Sebrae.
E-mail Contato: Allessandrabt@gmail.com
Facebook: https://www.facebook.com/ABTCONSULTORIA/
Site: www.abtconsultoriaempresarial.com.br

 

COMPARTILHAR
Artigo anteriorCronograma Capilar – parte 2 – Tabela de pH
Próximo artigoVistoria na entrega das chaves do imóvel.
Alessandra Batista
Consultora e Especialista em Novos Negócios, Palestrante e Treinadora de equipes. Formada em Administração de Empresas com Ênfase em Comercio Exterior, especialização em Gestão Empresarial pela Fatec-SP. Experiência em Análise Comportamental, Coach de Carreira e Negócios. Possui cursos diversos voltados a Competitividade e Gestão pela Fundação Getúlio Vargas e Escola de Negócios SEBRAE. Após atuar por vários anos em multinacionais liderando processos e equipes no exterior, construiu carreira dentro do SEBRAE SP, desenvolvendo projetos governamentais, melhoria da competitividade e desenvolvimento territorial, voltado ao público empreendedor e as MPE´s. Hoje, assessora profissionais e empresas a construírem e fortalecerem seus negócios por meio de posicionamento estratégico para alcançarem sucesso na carreira profissional ou como Empreendedor. Recentemente agregou outra atividade como “Mentora de Projetos” da Prefeitura de Guarulhos Baseada em conhecimentos de consultoria empresarial, técnicas e ferramentas de Coaching e Análise de Perfil, desenvolve a alta performance em negócios e mentoring.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here