A moda DIY nos casamentos: minha experiência pessoal.

2
656

Recentemente, me casei e como todo dinheiro poupado é dinheiro de socorro em algum momento em que ocorre algo impróprio, optei por adotar a moda do DIY – DO IT YOURSELF ou faça por si só e economizar uns trocados.
Muitas noivas têm optado por este tipo de organização de casamento, mas eu só conheci quando comecei a pesquisar preços de casamento. Descobri que hoje muitas noivas optam por fazer tudo elas mesmas e, assim, poupar uma boa grana.

O meu casamento foi apenas no civil, então convidei em torno de 60 pessoas apenas. A minha chatice já começou na escolha do cartório. Escolhi um dos cartórios mais bem indicados do Brasil, que já foi, inclusive, matéria do programa de TV Fantástico: Cartório Colorado Primeiramente, eu me permiti não contratar cerimonialista, o que me poupou entre R$ 3.000,00 a R$ 5.000,00. Após muita pesquisa, esbocei minuciosamente o que de fato eu queria no meu casamento e pus às mãos à obra. Preciso confessar que não é fácil, é muito estressante, mas o resultado é muito gratificante e ver em cada detalhe o nosso toque dá uma sensação de intimidade, de exclusividade.

Toda a minha decoração foi feita em tons de branco, prata e azul royal. Aluguei guardanapos na cor azul royal e fiz eu mesma os porta guardanapos com cordão de são Francisco prateado e contas prateadas nas pontas. Foram 40 ao todo, pois eram 10 mesas com 4 lugares. Considerei que algumas pessoas podiam sim ficar em pé, pois seria uma recepção rápida e informal. Para os arranjos das mesas improvisei um castiçal, como a foto abaixo mostra. Estas taças são da minha própria casa e o resto foi muito fácil de encontrar em casas de artesanato.

O resultado final das mesas foi o seguinte:

A ajuda que tive na montagem foi apenas da minha mãe, uma amiga, uma sobrinha e uma diarista, que contratei para atuar como copeira. Eu queria uma decoração simples e clean, que parecesse comigo e que fosse elegante ao mesmo tempo. Eu não abri mão da mesa do bolo e tenho uma boleira de minha confiança, que faz preços maravilhosos. Portanto, a minha mesa tinha a minha cara e a do meu noivo que é lutador de jiu-jitsu, até mesmo “topinho” personalizado eu providenciei. Vejam o resultado:

Observem os noivinhos: ele de kimono, até com os detalhes da graduação na faixa e eu com o livro de escritora e a balança de jurista que sou.

Uma coisa que pode enlouquecer as noivinhas é a comida a servir. Também me vi neste dilema, mas o casamento civil é à tarde, as pessoas já almoçaram, então, eu servi um brunch, que é um lanche.

Montamos uma mesa de buffet, em que cada um se servia por conta própria. A comida escolhida foi salgados, frios (meu marido é empresário no ramo de laticínios), fricassé de frango, patês e torradas, torta de camarão. Foi tudo muito farto e encomendado numa padaria perto de casa, muito boa.

As bebidas foram colocadas em champanheiras de chão, que são, literalmente, taças gigantes em que se coloca gelo e as bebidas, assim elas ficaram espalhadas pelo salão e acessíveis a todos.

Mas o mais importante e que me fez ter uma ideia de negócio foram as lembrancinhas. Já no chá de lingerie eu percebi ter talento para lembrancinhas funcionais e originais: dei às minhas convidadas, brincos escolhidos a dedo e todos únicos. No casamento eu quis divulgar o trabalho do meu esposo e montei saquinhos de organza com dois potinhos contendo doce de leite e goiabada em pasta e duas mini colherinhas descartáveis na cor azul royal. Os vidros foram ornamentados por mim mesma e também criei um monograma personalizado. Vejam como ficou:

Enfim, este é o resultado da minha experiência com o DIY. Com esforço, perseverança, alguns fios brancos e organização tudo dá certo no fim. Meu casamento foi muito simples, muito mesmo, mas todo feito por mim, com muito amor e cuidado para que as pessoas pudessem se divertir ao máximo.

Se eu puder dar algumas dicas, são:

  • Faça listas sobre tudo;
  • Esboce num papel sua decoração, tire da mente;
  • Consiga comprar em lojas de artesãos e fornecedores para floristas, enfim, procure o preço de custo;
  • Quando o estresse bater, deixe as coisas um pouco de lado;
  • Pesquise;
  • Peça ajuda;
  • Só faça o que você quer, não vá pela cabeça dos outros. Cada uma casa como quer;
    E no dia, trate de se divertir.

 

Faço lembrancinhas personalizadas e originais para todos os tipos de evento.
Dê um mimo único e marcante aos seus convidados.
WhatsApp: 61-981364683

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here