Auriculoterapia – Adultos e crianças, memória fraca, concentração e hiperatividade.

5
1641

Olá, tudo bem com vocês? Hoje vamos falar de uma técnica terapêutica bastante simples, mas tremendamente eficaz. Trata-se da auriculoterapia.

Com base nos casos clínicos estudados, podemos perceber a eficácia do tratamento de auriculoterapia, a partir de semente de mostarda. É claro que existe outros meios de aplicar essa técnica. Independente dos diferentes tipos de materiais selecionados para o tratamento (agulhas, esferas ou as sementes, os benefícios serão notados nas primeiras sessões).

A auriculoterapia tem sido utilizada para condições de desequilíbrio emocional, entre eles, falta de raciocínio, memória fraca, esquecimento, estresse, ansiedade, depressão. Há evidências de que há alterações químicas no cérebro do indivíduo deprimido, principalmente com relação aos neurotransmissores (serotonina, noradrelina e em menor proporção, dopamina) e estas substâncias são, entre outras coisas, responsáveis por transmitir impulsos nervosos entre as células.

Portanto, os fatores psicológicos e sociais podem ser a consequência e não a causa da depressão.

Já há evidências de que as estimulações de pontos auriculares podem ativar pequenas fibras nervosas mielinizadas que enviam impulsos para a coluna espinhal, cérebro, pituitária e hipotálamo, causando liberação de endorfina no sangue.

No tratamento de crianças, a auriculoterapia com sementes é uma excelente ferramenta em vista de seu caráter não invasivo e a rápida resposta ao estímulo. Outro fator importante é que não apresenta contraindicação, podendo ser realizada juntamente com outras terapias.

A auriculoterapia é uma ótima técnica para ajudar a criança ou adolescente a se concentrar, focar nos estudos e memorizar as matérias escolares.

Além do distúrbio de atenção que compromete a aprendizagem, em alguns casos pode-se observar comportamentos hiperativos, podendo surgir dificuldades cognitivas como a linguagem, cálculo, reconhecimento e planejamento.

Para muitos, as expressões “dificuldade” e “transtorno” de aprendizagem têm o mesmo significado. Mas vale enfatizar que são dois problemas diferentes e que se manifestam e devem ser tratados de maneiras distintas.

Partindo do princípio que, para muitos, dificuldades e transtornos tem o mesmo significado, podemos citar quais são as principais dificuldades de aprendizagem:

  • Transtorno de Déficit de Atenção com ou sem Hiperatividade: é um problema de desatenção com ou sem hiperatividade (quando a criança é agitada e não consegue parar quieta. Elas se machucam com mais frequência, não tem paciência, interrompem conversas.
  • Discalculia: Dificuldade de aprender tudo o que está relacionado a números como: operações matemáticas, dificuldade de entender os conceitos e a aplicação da matemática, seguir sequências, classificar números.
  • Dislalia: Um distúrbio de fala, caracterizado pela dificuldade em articular as palavras e pela má pronunciação, omitindo, acrescentando, trocando ou distorcendo os fonemas.
  • Disortografia: Dificuldade de aprender e desenvolver as habilidades da linguagem escrita, é um transtorno específico da grafia que geralmente acompanha a dislexia.

As crianças reagem mais rápido do que os adultos à auriculoterapia, tem menos defesas emocionais e a energia flui suavemente.

Para a medicina Chinesa, os distúrbios de atenção e concentração estão relacionados com a deficiência de energia do baço, considerada a “residência do intelecto”. Se o baço estiver debilitado, o intelecto estará entorpecido, o pensamento lento, a memória prejudicada e a capacidade de se concentrar e memorizar estarão deficientes.

Com as técnicas de auriculoterapia é possível harmonizar a energia deste órgão, portanto se o baço estiver forte, o pensamento será claro, a memória boa e a pessoa terá a capacidade de estudar e criar ideias.

O baço envolve o intelecto, mas não é o único envolvido no processo de aprendizagem. O coração envolve o shen (mente), responsável pela memorização de fatos do passado, o pensamento claro e enfrentar as adversidades. O rim se responsabiliza pela força de vontade, nutre o cérebro e influência a memória recente.

Cuidando desta dinâmica pode-se formar a tríade do pensamento, lembrança e memorização. Essenciais para um bom desempenho escolar.

Tonificando e harmonizando a energia destes três órgãos, é possível alcançar um maior desenvolvimento intelectual, mudanças no convívio social, hábitos alimentares e qualidade do sono, além de acalmar e equilibrar por um todo.

Estamos para começar o ano letivo, compartilhe… alguém pode precisar!

 

Rebeka Moraes
Acupunturista – Terapeuta Trylógika e Facilitadora de curso de Bioenergética Trylógika

Atendimentos: Espaço Terapêutico Aktus – Energia Vital

Rua José Loureiro 12 – Conjunto 204 – Segundo Andar
Fone: 41 4109-0011 | WhatsApp: 41 9 8873-8366
E-mail: rbk.wandy@hotmail.com
Site: www.facebook.com/dnadmulher/
Facebook: www.facebook.com/groups/RebekaMoraes/

5 COMENTÁRIOS

  1. Rebeka. Achei muito interessante a matéria. Informativa e esclarecedora aos pais e professores que percebem dificuldades de aprendizado, desatenção ou agitação muito intensa nos pequenos e adolescentes. Gostaria de uma informação se esta prática de Terapia Trylógika envolve a ativação dos três órgãos citados na matéria: baço, coração e rins que seriam responsáveis pela qualidade das atividades intelectuais e da vontade. Parabéns pelo artigo.

  2. Auriculoterapia muito importante para todos que passam por problemas emocionais, sua eficacia que traz benefícios importantes para a nossa saúde, parabenizo pelo artigo muito bom.

  3. Olá Ana Carolina, tudo bem com você?
    Na auriculoterapia, nos tratamos as pessoas por um todo, e não apenas um ponto específico.
    Caso queira agendar um horário estou a disposição, agendar através do whatsapp 9 8873 8366
    Grata,
    Rebeka Moraes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here