Carnaval – Festa do adeus à carne

0
91

25Historiadores dizem que o Carnaval teve a sua origem nas antigas Grécia e Roma num período onde era realizado um evento chamado Saturnália, festa em homenagem ao deus Saturno, onde pessoas dançavam nas ruas fantasiadas de animais regadas à bebidas. Este tipo de comemoração influenciou a Europa e alguns países chamaram estas festas de entrudos, onde as pessoas jogavam alimentos e até excrementos umas nas outras.

Com a chegada do Cristianismo, esta festa passou a ser comemorada antes da Quaresma. O Carnaval apareceu a partir da imposição, no século XI, da Semana Santa pela Igreja Católica, antecedida por quarenta dias de jejum, a Quaresma, que é um período onde não se deve fazer festas exageradas e nem comer demais. A palavra “Carnaval” está, assim, ligada com a imagem de “festa do adeus à carne” denominada pela gíria carnis levale, que deu origem à palavra “Carnaval”, sendo que “carnis” em latim significa carne e “levale” significa retirar.

Na época do Renascimento o Carnaval era composto de luxuosos bailes de máscaras com suas lindas fantasias e os carros alegóricos.

O Carnaval chegou ao nosso país já na época do Brasil-Colônia, onde os nobres faziam bailes de máscaras.

No século XIX surgiram os primeiros blocos carnavalescos no Brasil.

Hoje, o Carnaval mais famoso do mundo é o do Rio de Janeiro.

Uma boa empreendedora precisa aproveitar a época do Carnaval para fazer bons negócios. Quando trabalhei em lojas, sempre sugeri decorações com este tema. Então colocava, na vitrine, roupas chamativas e ao mesmo tempo confortáveis, que serviam tanto para viajar ao litoral, ou, como fantasia em algum baile. Eu, também, escrevia cartazes com dizeres como:

  • Promoção de Carnaval
  • Oferta Carnavalesca.

Afinal entrar no clima de toda data comemorativa só ajuda nas vendas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here