Cronograma Capilar – Parte 5 – Como Montar o Cronograma Adequado.

1
272

Olá, tudo em paz com vocês?

Como já dito anteriormente iniciamos uma sequência de textos abordando tudo que você precisa saber sobre cronograma capilar confira:

Nessa semana vamos falar da montagem do cronograma adequado e os tipos de tratamentos que podemos encontrar. Atualmente, devido ao crescimento do mercado cosmético, temos vários produtos e nomenclaturas para os tratamentos. O que precisamos sempre saber é a regra básica: tratamento não alisa, nem reduz volume. Alisamento não trata, nem hidrata, nem reconstrói. Tratamentos não podem conter bases alisantes ou redutoras.

Após os cabelos bem limpos qualquer que seja a marca do produto utilizado, a aplicação deve sempre ser mecha a mecha e cada uma das mechas deve ser bem massageadas e sem puxar as mechas para evitar tracionar os fios. No caso das hidratações e nutrições, deixa-se o tempo de pausa com ou sem touca térmica ou vaporizador e procede-se o enxágue para remoção do excesso de produto. Ai sim se aplica o condicionador para que as cutículas sejam seladas com os hidratantes ou os nutrientes no interior das escamas. A finalização do cabelo para os procedimentos de hidratação sempre deve ser o cabelo secar NATURALMENTE, sem ajuda mecânica. Já as reconstruções não são as massageadas e nunca devem ser. Reconstrução é um tratamento extremo para danos extremos e sua aplicação exige muita atenção e cuidado. Por isso, o ideal, é que esse tipo de procedimento seja sempre realizado por um profissional.

Tipos de Tratamentos

Banho de verniz – o banho de verniz legítimo e original é classificado como HIDRATAÇÃO. É o mais simples dos tratamentos. A função dele é dar brilho (por isso banho de verniz), movimento, manter e repor água e necessidades simples dos cabelos. Sua composição deve ser sempre a mesma das máscaras hidratantes. É indicado para todos os tipos de cabelos e deve ser feito pelo menos 1 vez por semana com a finalidade de manutenção.

Botox capilar – o Botox é o grande dilema dos cabelos. Botox alisa? Botox reduz volume? Não. Botox não alisa e não reduz volume. O verdadeiro e original Botox é apenas um repositor de massa, uma nutrição potencializada. O nome Botox capilar, originou-se de uma linha de tratamento da Loreal, chamada Fiberceutic, onde o aplicador lembra uma seringa como a da aplicação do Botox estético. A função do Botox é dar emoliência e proporcionar maleabilidade. Até é indicado para cabelos volumosos, mas não porque reduz volume como base alisante ou redutora, e sim porque diminui (o que é diferente) o volume causado por ressecamento e cabelo maltratado (armado). Sua composição deve ser sempre a mesma das máscaras de nutrição, podendo conter alguns ácidos preenchedores como o glutâmico, lático e hialurônico.

É indicado para cabelos em danos graves à extremos, porosos, alisados e descoloridos.

Cauterização ou selagem: a cauterização ou selagem também é outro enigma nos tratamentos capilares. Algumas empresas as dividiram, por questões de marketing e vendas, mas as duas são a mesma coisa. São reconstruções. Também não podem conter bases alisantes ou redutoras. O tratamento leva esse nome porque consiste em cauterizar = cicatrizar = selar = lacrar o fio com os elementos necessários à fibra no seu interior. Sua função é dar força e parar a quebra. Sua composição deve sempre ser a mesma dos reconstrutores. É indicado para cabelos em danos extremos e corte químico.

Umectação: esse tratamento não faz parte do cronograma comum. É um procedimento de tratamento. É um processo usado na Índia desde muito tempo. O óleo é aplicado e distribuído com a ajuda de uma massagem chamada Champi, que consiste em massagear o couro cabeludo com as pontas dos dedos para estimular a absorção do óleo escolhido. Ela repõe os óleos naturais e os lipídios dos fios que perdidos no dia a dia. A umectação serve para todos os tipos de cabelos, porém, são mais indicadas para cabelos cacheados, afros, crespos e altamente porosos e seus resultados dependem do tipo de óleo escolhido que são de inúmeros tipos, características e propriedades.

Reconstrução Ácida (RA) ou Tratamento Ácido: ato de baixar a alcalinidade do pH dos fios, balancear o pH dos cabelos. Também não faz parte das etapas do cronograma. Ela faz com que as escamas das cutículas se fechem evitando assim que os fios se quebrem. É indicada como tratamento de emergência para cabelos elásticos ou emborrachada por químicas pesadas.

Essa reconstrução não deve ser realizada mais que duas vezes mensais e nunca se o cabelo não estiver em dano extremo, pois como reconstrução, o excesso traz efeito contrário fazendo com que os fios arrebentem por excesso de aperto. Assim como a reconstrução normal, a RA também só deve ser feita por um profissional.

Beijos e até a próxima semana.

Gostou? Curte, compartilha e deixa seu comentário, é sempre um prazer falar com vocês.

 

claudia-logo-para-colunaFone: (41) 9 9178-8485
Email: claudia.sil_apk@hotmail.com
Consultoria:https://www.facebook.com/ColoriRaddrizzamentoConsultoriaOnline/
Produtos: https://www.facebook.com/lineareparazione/
Twitter: @CLAUDIAPOWERFUL
Instagram: claudia_silva_raddrizzamento
LinkedIn: claudia-silva-raddrizzamento

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here