Dança do Ventre

0
117

O resgate da feminilidade e da saúde física e emocional

Uma arte milenar, que ocupa o coração e alma feminina, o fascínio que esta dança causa é sem dúvida muito profundo a quem assiste, e para a mulher que a pratica ainda mais, pois ao falarmos sobre a Dança do Ventre, podemos dizer que é uma forma de se relacionar com o mundo e principalmente com você mesma. Nela (dança) encontramos a nossa própria identidade e deixamos de ser iguais as outras, respeitando e valorizando as diferenças, ou seja, aprendemos algo importante que a dança proporciona o amor próprio, o bem estar consigo mesma, e que não dependa da aprovação alheia para ser feliz, é uma forma de libertação do eu.

A mulher quando pratica a dança do ventre, é apenas livre e feliz, enquanto mulher na sua essência, descobrindo valores escondidos no universo feminino, é um tempo seu, um carinho que ao longo da pratica a mulher vai descobrindo este admirável momento da dança que o corpo e a mente são levados a admirar-se, e valorizar seus pontos positivos como charme, beleza, alegria, sensualidade saudável, elegância, brilho interior e carisma.

Cumpre observar que, a dança do ventre é uma prática de exclusividade feminina ou seja desenvolve o feminino, numa busca equilibrada e natural por seu próprio modo de ver, agir e sentir o seu corpo, que através de movimentos harmoniosos potencializa a relação das sensações de bem estar e de prazer.

A lista de possibilidades da prática da dança é invariavelmente imensa, desde evitar o sedentarismo, cuidar da elegância postural, implementar atitudes que visem tratar de forma respeitosa essa máquina perfeita o nosso corpo, que irá lhe acompanhar durante muitos anos de sua vida.

Entendemos que dançar não significa reproduzir formas vazias e ser o outro através de uma réplica, mas sim aventurar-se na grande viagem da vida onde não se pode temer riscos e sim almejar desafios e dança é uma delas.

É uma entrega que fazemos no momento em que iniciamos esta prática, e para isso, é necessário um tempo para que haja um nascimento e o amadurecimento de um gesto, de uma ação e de deixar o corpo livre de tensões para poder expandir e descobrir o prazer de dançar e correr o risco de tocar o coração das pessoas.

Sendo assim, optar por aprender e a praticar a Dança do Ventre, além de seus inúmeros benefícios, é uma construção pessoal do próprio corpo, é uma dança cheia de significados, onde a mulher se identifica desperta e experiência uma nova sensação de bem estar, de equilíbrio e harmonia.

Desse modo, não importa a dança em si, mas o sentido que esta dança é capaz de oferecer como experiência e vivencia para a mulher de o que desencadeia nesta experiência, ou seja, ela nunca mais vai ser a mesma.

Poderia dizer sinceramente que a dança do ventre é um refinamento da alma, que neste mundo moderno, esta grita e deseja viver e sentir a sensação de poder se despir a alma e viver o seu corpo com naturalidade, emoção e prazer.(Shadia – Soraia Cani)

Portanto, a dança é uma linguagem não verbal; ela integra socialmente, transmite valores presentes em nossa vida,permite e transmite idéias, sensações, sentimentos, emoções, vida e paixão como nenhuma outra arte!

A Dança como forma de Terapia para o corpo de a mente da praticante!

ventre02

Objetivo: Criar uma prática terapêutica por meio do movimento, capaz de desenvolver a mulher sua identidade feminina;

Desenvolver uma nova linguagem para a dança terapia, um caminho alegre e saudável para que mulheres de todas as idades possam entrar em contato com o feminino e trilhar um caminho de autoconhecimento por meio da dança e do trabalho corporal, possibilitando que mulheres ocidentais, afastadas de sua verdadeira essência, possam melhorar sua qualidade de vida e ousar em um profundo mergulho ao âmago de sua origem, resgatando por fim seu feminino e o entusiasmo para com a vida.

A Dança terapia pretende despertar sua consciência de vida, o que você vivencia e pratica em aula tem como objetivo melhorar sua qualidade de vida como mulher, esposa, mãe e profissional.

Saber Dançar a Dança do Leste é apenas uma conseqüência prazerosa.

Como terapia faz com que os movimentos dos músculos do ventre, “massageiem” os órgãos internos, regulando o metabolismo e melhorando a circulação. Os movimentos são femininos e trabalham com os 7 chackras (pontos energéticos do corpo): básico, sexual, emocional, cardíaco, laríngeo intuitivo e coronário, em um nível adiantado, perdem-se aproximadamente 200cal.

A Dança do Ventre tem como objetivo, servir como canal para o desenvolvimento da expressão corporal e da criatividade, através da vivência dos seus movimentos e das sensações.

A sabedoria da Dança, toca os mestres com a luz, que com a força interior extravasam a ânsia de ensinar, a beleza dos movimentos em harmonia com a alma (K.Busch).

Aulas

Local: Sociedade Morgenau

Endereço: Avenida Senador Souza Naves, 1245 (sede esportiva) aberto ao público.

Bairro: Cristo Rei

Horários:  3ª e 5ª feiras das 19:30 ás 20:45

Sábados: 10h00min às 11h15min

Traje: Roupa leve e confortável (calça e camiseta de malha)

Contato: Shadia (Soraia Cani)

Fones: (41) 3018-1957 e (41) 9904-1964

Valor: R$ 85,00

Todas estão convidadas para participarem de uma aula experimental!

Desconto especial para leitoras da Revista A Empreendedora.

 

Aguardo a presença de todas! Abraços!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here