De onde vem tanto vídeo?

0
65
Happy break

Recentemente vimos a Amazon anunciar um novo produto, o Amazon Direct Video, que nada mais é que um site para compartilhamento de conteúdo audiovisual com uma política diferenciada de monetização.

 960-amazon-challenges-youtube-with-video-direct-streaming-serviceA Amazon é um dos e-commerce que mais faturam no mundo. O dono da empresa é um visionário que, em 1994, enxergou o potencial da Internet, largou seu trabalho estável em NYC, se mudou para Seattle e com vinte produtos em seu catálogo fundou uma empresa que hoje está presente em mais de 15 países, e vê suas receitas aumentarem exponencialmente.

Há um tempo já podemos perceber que a empresa vem ampliando seu leque de produtos e serviços, deixando de ser apenas uma livraria online, focando em produtos próprios, como o Kindle e os e-books lançados diretamente pelos autores, funcionando como uma editora, o lançamento de um Smart Phone e também do serviço de armazenamento em nuvem.

Entretanto, mais do que uma nova frente de negócios, o lançamento da plataforma para compartilhamento de vídeos representa uma ameaça a outro gigante da internet, o YouTube.

O Youtube hoje concentra o compartilhamento de vídeos no mundo todo, tendo mais um bilhão de usuários cadastrados, e tem versões locais em mais de 88 países.  A única empresa que, de certa forma, concorre com o Youtube é o Facebook, que não apenas suporta o compartilhamento de vídeos, mas investe mais a cada dia nas transmissões ao vivo via streaming.

De acordo com o próprio site do Facebook, são assistidos mais de 100 milhões de vídeos todos os dias, por esse motivo, a rede social tem colocado grande esforço na formatação e configuração dos anúncios em vídeo.

E o que isso nos mostra?

Que os vídeos realmente estão realmente norteando a ação de grandes empresas na briga pela atenção do mercado, e nós, que alimentamos esse mercado de comunicação precisamos estar alinhados e atentos.

O audiovisual sempre foi uma das ferramentas mais completas da comunicação porque nos permite levar informação de forma rápida, objetiva, e principalmente, atraente para o consumidor.

 O vídeo é capaz de gerar identificação, de tocar emoções e estabelecer verdadeiros vínculos entre anunciante e espectador, de forma duradoura e produtiva.

Ao investir na produção audiovisual, uma marca se aproxima do consumidor e, não raras vezes, o fideliza.  E não estamos falando apenas de grandes marcas. Pequenos e médios empresários também devem investir nessa poderosa ferramenta que tem números impressionantes quando falamos da relação custo x benefício.

 Pense nessa estratégia. Certamente, ela fará bem a sua marca e ao seu negócio!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here