Delegar, um desafio constante.

0
167

Ter uma rotina repleta de mil papéis e responsabilidades parece ser inerente a qualquer profissional. E isso se acentua se você é empreendedora, mãe, esposa, mulher. Curioso, porém, é notar como o desafio de delegar atividades é maior para nós, mulheres. É como se ninguém fosse fazer melhor do que nós mesmas, ou com a mesma agilidade, ou da mesma forma. Pode até mesmo ser verdade que só você saiba fazer bem, rápido e do jeito que julga adequado. Mas a questão é quanto essa sobrecarga de trabalho impacta o físico e o emocional.

Muitas vezes, empreendedoras buscam programas de coaching para aprender a delegar. Não é uma tarefa fácil, porque requer, primeiro, que essa mulher identifique o que ela ama e faz bem e o que não ama e/ou não faz bem – atividades estas que podem e devem ser delegadas. É comum, nesse mapeamento, perceber que a profissional tem crenças limitantes de que capacitar alguém tomaria muito tempo ou encontrar um parceiro seria muito difícil, mas, com uma boa mediação do coach, é possível depreender desse mapeamento ações simples e efetivas para “desafogar” a agenda dessa profissional.

Num segundo momento, é preciso traçar objetivos claros, mensuráveis e condizentes com o que pretende essa empreendedora em seu negócio ou sua carreira. Não dá para tomar ações, transformar a rotina e tomar decisões sem, antes, ter um foco definido. 

No terceiro passo, que permeia boa parte do trabalho de coching, a profissional precisa agir, eliminar ‘ladrões do tempo’, identificar como se sente ao contar com parceiros, ao delegar tarefas, que resultados têm colhido, o que vem dando certo e o que não vem funcionando. Só assim é possível manter os acertos e redirecionar o que não favorece o cumprimento dos objetivos e a satisfação pessoal e profissional.

Por isso, fica a dica: se você, como tantas outras empreendedoras e mulheres multitarefas, tem esse desafio de delegar atividades, siga esses passos e, caso ache necessário, conte com a ajuda de um coach profissional. Sofrer pelo excesso de tarefas não irá favorecer o sucesso do seu negócio nem sua saúde física e emocional.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here