Dia 29 de Setembro, Dia Internacional do Policial.

0
22
Polícia Militar e Civil
Ação conjunta da Policia Militar com a Policia Civil em Paranavaí-PR

Dia 29 de Setembro, Dia Internacional do Policial, um Anjo Que Protege a População.

A palavra polícia tem raiz no latim “politia” e quer dizer governo de uma cidade. Sua missão é proteger o cidadão, mantendo a ordem pública e combatendo o crime.

Reza a lenda que o Dia Internacional do Policial é comemorado dia 29 de setembro por ser o dia dos arcanjos que são considerados os policiais do céu: Miguel, Gabriel e Rafael.

Historiadores e arqueólogos descobriram que os egípcios e os hebreus foram os primeiros povos a colocarem medidas policiais em suas legislações.

No Brasil, a polícia teve início com Martim Afonso de Sousa, em 1530, com a meta de:

  • Derrubar os traficantes franceses;
  • Fundar núcleos de povoamento nas praias;
  • Promover a justiça civil e criminal nomeando funcionários públicos.

A partir deste momento, a polícia brasileira passou por várias mudanças.

No nosso país existem dois tipos de polícia: Civil e Militar.

Polícia Civil: Estes policiais têm as seguintes funções:
  • investigar casos;
  • correr atrás de provas, indícios ou informações que auxiliem na solução de um crime;
  • elaborar boletins de ocorrência (B.O.);
  • confeccionar atestados de antecedentes criminais;
  • registrar porte de arma de fogo;
  • comandar as investigações.
Polícia Militar: são os guardas ostensivos, que possuem o objetivo de zelar pelo patrulhamento e pela represália imediata às tentativas de prejuízos à segurança pública.

Eles trabalham sempre fardados e podem fazer rondas nos mais variados lugares.
Aqui é bom destacar que os bombeiros também fazem parte da Polícia Militar.

Em resumo, a Polícia Civil atua depois da consumação do crime, enquanto a Polícia Militar atua antes, procurando evitar os delitos.

O ingresso para a carreira de policial é feita através de concursos públicos.
O policial é uma função arriscada. Por isto merece o respeito e o reconhecimento da população.

Atualmente, os policiais são muito injustiçados.

Pois, geralmente, quando a polícia mata bandidos em serviço, logo vem a turma dos Direitos Humanos para reclamar e condenar os policiais.

Porém, quando um policial é morto por um marginal, a galera dos Direitos Humanos tende a ignorar e justifica o fato culpando a sociedade, pois os bandidos são vítimas de uma sociedade que os descrimina e são excluídos sociais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here