Dia da Costureira, 25 de Maio

0
331

O dicionário define a palavra costureira como o nome da profissional que confecciona roupas e acessórios em tecidos. Mas, na realidade, o significado da palavra costureira vai muito além desta mera definição. Pois as costureiras são as verdadeiras artistas por trás das grandes grifes. Segundo arqueólogos, as primeiras costureiras foram mulheres da era das cavernas. Pois elas começaram confeccionando roupas com peles de animais. Sem falar que os ossos, destes mesmos bichos, eram utilizados como agulhas.

Os teares foram criados pelas civilizações antigas em lugares como: Grécia, Egito e Babilônia. Nestes locais, os reis e imperadores tinham suas costureiras particulares.
Séculos depois, durante a Revolução Industrial, surgiram os grandes teares mecanizados utilizados em fábricas. Deste jeito, centenas de moças foram contratadas para trabalhar nestas máquinas.

Leonardo da Vinci foi o primeiro cientista a fazer um projeto de máquina de costura. Mas, na época, os poderosos não deram importância. Por isto, a primeira máquina de costura, com seus componentes completos, surgiu em 1829, criada por Barthélemy Thimmonier, que logo recebeu pedidos de encomendas em série. Porém, ele sofreu perseguição por pessoas da indústria têxtil. Mas a máquina de costura só se tornou prática quando foi aperfeiçoada por Isaac Singer, em 1850. Neste mesmo ano, costureiras que trabalhavam em fábricas passaram a economizar seus salários para encomendar a nova máquina. Assim muitas moças deixaram de ser simples empregadas nas indústrias, para se tornarem empreendedoras e criarem modelos para suas clientes particulares.

As grandes costureiras que se destacaram na História foram: Rose Bertin e Coco Chanel. Rose Bertin foi uma costureira famosa, durante o século XVIII, porque foi uma estilista que vestiu com bom gosto toda a corte da França. Além de ser amiga pessoal de Maria Antonieta. Já, Coco Chanel revolucionou a moda do século XX.
Hoje, as costureiras são as verdadeiras artistas por trás das grandes marcas. Para ser uma costureira é necessário ter as seguintes habilidades, como: coordenação motora, criatividade, paciência e senso de observação. Segundo neurologistas e psiquiatras, a costura é uma habilidade que deve ser estimulada desde cedo. Por exemplo: a partir dos sete anos de idade, devemos deixar que os pequenos manipulem retalhos e agulhas desde que exista a monitoração de um adulto. Se alguém, em casa, possuir uma máquina de costura é interessante deixar que as crianças observem o trabalho e caso exista algum interesse, por parte delas, é obrigação do adulto ensinar os primeiros passos, na costura, para os pequenos.

Em épocas de crise são comuns os casos em que o marido e a esposa trabalham fora. Mas que, em algum momento, acabam perdendo o emprego ao mesmo tempo. Há histórias em que este tipo de mulher possui uma máquina de costura dentro de casa, fato que faz com que ela exerça suas atividades de costureira no bairro, vire empreendedora e consiga sustentar a casa.

Reza a lenda que quando Adão e Eva comeram a maçã, eles sentiram vergonha e se cobriram com folhas de parreira. Então o criador vendo que o casal estaria exposto ao frio, pegou as estrelas mais brilhantes do céu, colheu um ramalhete de flores do jardim, separou o raio de sol mais luminoso, catou a abelha mais trabalhadeira e pegou uma formiga esforçada. Assim ele misturou tudo num grande círculo e pôs em uma fôrma que foi colocada no caldeirão da sabedoria. Alguns minutos depois Papai-do-Céu abriu esta fôrma e de dentro dela saiu uma senhora com uma máquina de tear nas mãos. Assim, o criador disse:

  • Você será a costureira, uma profissional responsável pelo vestuário e pela beleza do ser humano.

Lendas à parte, com certeza, a costureira é uma profissional importante e essencial à sociedade. Por isto merece admiração e respeito.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here