Dietas: uma reflexão alimentar em busca da saúde.

1
421

Certamente você já se deparou com o assunto sobre a dieta da moda. Se fizermos uma busca pela internet vamos nos deparar com infinitas opções. Nas bancas de jornal é um dos assuntos mais vistos nas capas de revistas. Nas livrarias encontramos uma infinidade de publicações com programas alimentares que prometem emagrecimento e benefícios a saúde. Qual a efetividades de tudo isso?

Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde) a obesidade é um dos maiores problemas de saúde no mundo. No Brasil, mais de 50% da população está acima do peso. Em 10 anos, a obesidade cresceu 60% no Brasil aumentando a prevalência de diabetes e hipertensão. Observamos que as doenças crônicas e transtornos alimentares não param de crescer.

Mas afinal o que significa a palavra dieta? No dicionário encontramos a definição de dieta como o modo de alimentação ou normas alimentares seguidos por uma pessoa ou grupo de pessoas. Portanto, dieta inclui alimentos e bebidas que ingerimos usualmente, mas infelizmente o termo é usado para fazer referência aos regimes alimentares restritivos e nos traz a ideia de algo rim e que não conseguimos seguir por muito tempo.

Sendo assim, precisamos mudar paradigmas para entendermos as questões comportamentais envolvidas na nossa alimentação diária antes de pensarmos em calorias, quais alimentos devemos colocar no prato ou qualquer plano alimentar.

Seja qual for o motivo da sua preocupação com a alimentação, faça uma reflexão sobre o assunto. Por que você quer mudar? O que está errado, o que mais incomoda? Como mudar sua alimentação? Quando começar? Por onde começar?

Tenha um comportamento empreendedor, dê o primeiro passo, estabeleça metas, seja persistente, assuma um compromisso com você mesma, busque informações fidedignas, convide pessoas a entrar nessa com você, não se deixe levar por pessoas pessimistas, seja otimista mesmo diante das dificuldades. Finalmente busque ajuda profissional para planejar e alcançar seus objetivos.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorFerramentas avaliam competências e contribuem aos processos de gestão.
Próximo artigoOs impostos que podem salvar.
Ana Ambrosio
Nutricionista clínica especialista em atendimento nutricional. Com mais de 25 anos de experiência, atuou no Hospital Beneficência Portuguesa, Hospital Santa Helena, Instituto Central do Hospital das Clínicas – ICHC da FMUSP, participando de equipe multiprofissional, atendimento ambulatorial e home care. Hoje atua no Hospital e Maternidade Metropolitano da Lapa do Grupo Amil. Experiência como docente no SEBRAE-SP na área de empreendedorismo; no SENAC Santo André do curso técnico de nutrição ministrando aulas sobre Marketing Nutricional e nutrição básica na Universidade Estácio de Sá/ Alain Ducasse Formation no curso superior internacional em gastronomia. Atendimento particular como personal diet, trabalhos voluntários, palestrante em eventos de nutrição. Pós-graduada em nutrição clínica, atendimento nutricional da clínica à gastronomia pela Universidade São Judas Tadeu.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here