Finanças? Isto é assunto de mulher, sim!

0
57

mensagens-sobre-financas-7Infelizmente na maioria das famílias brasileiras não se fala sobre educação financeira. E quando se fala em dinheiro, geralmente é sobre a falta dele… Por conta disto, muitas de nós crescem sem saber “lidar com ele” e outras tantas encontram-se endividadas.

Se você não está neste rol, parabéns! Mas se você está, saiba que com conhecimento, um pouco de dedicação e estudo poderá mudar esta situação!

O primeiro passo para a mudança é saber realmente quais são suas despesas, qual é sua situação real e atual. Não tenha medo de colocar tudo no papel. Você precisa saber onde está para poder planejar seu caminho daqui pra frente. Sem identificar os problemas, os pontos de melhoria, fica mais difícil encontrar a solução. O importante é sabe que sempre há tempo para mudanças e para se adquirir novos e melhores hábitos.

Pegue uma folha de papel e divida em duas partes para fazer uma planilha. Numa parte escreva todas as suas despesas fixas obrigatórias (como aluguel, prestação da casa, prestação do carro, condomínio, etc.) e, na outra as despesas variáveis (conta de telefone e celular, luz, água, salão de beleza, manicure, etc.).

Depois de “descobrir” onde gasta seu dinheiro, analise a lista e veja quais itens você consegue e pode diminuir os valores ou eliminar. Faça a si mesma a seguinte pergunta para cada item: por que eu preciso gastar com este item? Se não encontrar um motivo real e convincente, elimine-o.

Procure controlar seus gastos. Aja com inteligência financeira, evite o que não for essencial para sua sobrevivência. Quer exemplos? Leve sempre uma lista de compras ao supermercado, evitando assim comprar o desnecessário; se tiver filhos, tente coloca-los no mesmo colégio para aumentar a possibilidade de obter melhores descontos.

Se você é consumista, uma boa dica é não sair de casa com cartão de crédito. E sempre que for realizar uma nova aquisição, pergunte-se: Eu realmente preciso disto? Eu tenho dinheiro para comprar à vista (e conseguir descontos)? Tem que ser esta marca? Tem que ser agora?

Se todas as respostas forem sim, Ok! Caso contrário, repense e não compre!

20141113-dinheirama-mulher-financas

Lembre-se: “O hábito de administrar o dinheiro é mais importante que a quantidade de dinheiro que você tem…” (T. Harv Eker). E dívidas são sinônimo de falta de planejamento, não de dinheiro!

Ter inteligência financeira pode evitar muitos transtornos e desentendimentos familiares. Decida fazer diferente. Comprometa-se com a mudança. Estude sobre o assunto. Fique atenta sempre que for adquirir algo para identificar se realmente precisa daquilo ou se apenas deseja. Você pode!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here