Grandes Porres da História – Começando com a deusa Sekhmet.

0
147
lrs Boulet Sekhmet

Histórias de porres homéricos não são poucas…e nem devem servir de exemplo, mas algumas são bem curiosas! Uma das mais antigas que conheço é egípcia. Consta que Rá – o deus sol – em um dado momento ficou muito aborrecido com a desobediência de seu povo, principalmente por macularem o planeta, então convocou a deusa Sekhmet, a deusa leoa, para castigá-los. Acontece que esta deusa ficou descontrolada com o poder e sedenta por beber sangue pelo que estava praticamente dizimando a população. Aí o deus Rá ficou bem encrencado: de que adianta ser um rei se não há mais súditos?

Então Rá, já desesperado por seu reinado mandou que misturassem grãos vermelhos de um cereal à cerveja para que se assemelhasse a sangue. De fato, a deusa Sekhmet bebeu grandes quantidades até que caiu completamente embriagada. Particularmente acho que o deus Rá foi bem corajoso porque já vi muitos voltarem do porre mais coléricos do que antes, mas… coisas de deuses…

De fato, após acordar de um apagão alcoólico homérico a deusa Sekhmet não se recordava da missão que lhe foi confiada…imagina o tamanho da ressaca! A partir deste dia passou a ser mansa como uma gatinha e recebeu o nome de deusa-gata Bastat, bebedora de leite.

Apesar desta versão que transforma leoa em gata não ser aceita por alguns historiadores modernos, por séculos a deusa Sekhmet foi cultuada pelos egípcios com festas onde era obrigatório aos sacerdotes, discípulos e mesmo o Faraó beberem vinho ou cerveja tingidos com corante vegetal vermelho até caírem de bêbados, Mas… sexo era proibido para não profanar o tempo… pode?!

Paradoxalmente não conheço relatos de cerimônias para a deusa Bastat onde fosse obrigatório beber leite, se bem que neste caso como não haveria bebida alcoólica, pela lógica, sexo seria permitido.

Quem quiser beber uma cerveja vermelha como a deusa Sekhmet pode se utilizar de vários corantes vegetais facilmente encontrados nas casas especializadas, em especial o sorgo que é um cereal com grãos vermelhos e que é utilizado industrialmente para fazer cerveja, só aconselho maneirar no porre, e se beber, não dirija!

Inspire-se e bom apetite!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here