A Importância de Saber Administrar a Vida Sexual

0
86
Foto Pixabay free - Stokpic

Nas cidades de médio e grande porte, em que o ritmo de vida é corrido por causa do trabalho intenso e o dia-a-dia cheio de preocupações, as pessoas que já tem um casamento estabilizado e filhos costumam reclamar da ausência de afeto e de tempo para namorar e administrar o relacionamento afetivo e sexual. Por esse motivo, mostram-se angustiadas, gerando uma vida a dois sem muita vibração, emoção ou descobertas.

Se essas pessoas não pararem para prestar atenção naquilo que está ocorrendo, certamente a relação passará a correr sérios riscos. Os maiores deles são o esfriamento, a indiferença, a falta de clima para a intimidade. Intimidade essa que é o ingrediente fundamental para os parceiros se sentirem motivados a continuarem juntos.

Existem casais que já não se beijam há muito tempo (exceto o beijo tipo “selinho”, que ocorre na despedida ou chegada do trabalho). Muitos chegam a passar meses e meses sem relações e, quando o ato sexual acontece, é mecânico. Contudo, isso não quer dizer que eles não gostam mais de sexo. Na verdade, acabaram perdendo as pistas eróticas ao longo do caminho, pois a rotina fez com que cada um administrasse os seus problemas e se esquecesse de prestar atenção no outro. A queixa mais comum é que passar diante do outro com roupa ou nu já não faz a menor diferença nem provoca qualquer emoção.

Mas o que fazer quando a intimidade acaba e a indiferença toma conta do relacionamento?

É importante que isso seja discutido. O casal precisa criar situações mais propícias para fazer amor. Um exemplo são aqueles momentos inusitados, as surpresas, que um pode fazer para cativar o outro, como passar no trabalho do(a) parceiro(a) e seguir para um motel ou fazer um programa diferente. Planejar uma viagem sem os filhos também é de extrema importância, afinal ficar a sós com o(a) parceiro(a) cria um clima favorável para a aproximação e o namoro.

Outra dica é deixar o quarto do casal mais aconchegante para o amor. Velas decorativas, aromas agradáveis, uma música estimulante são pequenos recursos que criam uma expectativa positiva no(a) parceiro(a). Isso alimenta o relacionamento e traz mais prazer, gerando mais alegria e disposição para estarem juntos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here