Incompatibilidade. Meu sobrenome é quebra.

11
123

Ao pé da letra, incompatibilidade significa ausência de compatibilidade; característica do que é incompatível ou daquilo que não se pode combinar. Incapacidade de que duas proposições distintas sejam simultaneamente verdadeiras.

Por que isso deveria me interessar?

Em qualquer procedimento capilar, seja em casa, seja num salão, as perguntas mais frequentes são: essa química é compatível com qualquer cabelo? Tem contraindicação? É verdade que pode ser aplicado em criança e gestante? Cabelo descolorido pode usar? Pode ser aplicado e depois descolorir o cabelo?

Quantas de nós já ouviram o até mesmo já fizemos essas perguntas? E, infelizmente, na maioria das vezes a resposta que se ouve é: “tranquilo é 100% compatível com tudo”.

Mas será que é isso mesmo?

danos por platinação1   danos por platinação2    danos por platinação3

Nenhuma química é 100% compatível com outras químicas.

“Ahhh mas o vendedor disse… O representante disse… O fabricante disse… o cabeleireiro disse. “

Não importa. A química diz que não, e se ela diz que não… É não. E essa parte, muitos “profissionais” não informam. O motivo? Vai desde não ter conhecimento do assunto até a omissão desse tipo de informação.

Pergunta 1-  É compatível com qualquer cabelo?

NÃO… Um cabelo pra receber qualquer procedimento químico (desde colorações simples até alisamentos definitivos, sobreposições químicas, descolorações, transição etc.) depende de ser aprovado na anamnese. A anamnese é como seu histórico médico. Nela constam (ou pelo menos deveria constar) todas as informações pregressas e atuais do seu cabelo, diagnóstico capilar, avaliação do couro cabeludo e histórico capilar. Após essa ficha detalhada ter sido feita, o profissional deve ainda executar o teste de mechas, que leva em torno de 15 dias para ficar pronto e é composto por 3 etapas: teste de alergias, teste de resistência e teste de execução.

Se o seu profissional não faz esse trabalho está na hora de você procurar um profissional que faça, pois essa etapa é indispensável.

3

 

Pergunta 2- Tem contra indicação?

SIM… Toda química tem… Reações alérgicas, choque anafilático, queimaduras, lesões, reações químicas, intolerância, etc. E isso é muito perigoso. Essa é uma questão que é facilmente respondida pela anamnese e pelo teste de mechas. Ambas vão fornecer um parecer preciso e com uma margem de exatidão de 95%.

Pergunta 3- Podem ser aplicadas em crianças, gestantes ou lactantes (quem amamenta)?

NÃO. Nenhuma química, de nenhum tipo, pode ser usada em ou por crianças, gestantes ou lactantes. São pessoas com o sistema imunológico mais baixo e com maiores tendências a desenvolverem quadros alérgicos repentinos. O que hoje não oferece risco algum, amanhã pode colocá-las em coma ou até mesmo levá-las à morte. Não, não é exagero.

 

2            5

 

Pergunta 4- Pode ser aplicada e depois descolorir o cabelo?

NÃO… Sobreposição química em intervalos curtos de tempo, ou no mesmo dia não é algo recomendável por inúmeras razões, todas elas envolvem a saúde dos fios, do couro cabeludo e nossa. Tanto imediata quanto a médio ou longo prazo os resultados nada satisfatórios, como ressecamento extremo, quebra, quedas, lesões, reações alérgicas e químicas, vão inevitavelmente aparecer.

 

4

 

Pergunta 5- Pode fazer relaxamentos e progressiva no mesmo dia?

NÃO… Além de totalmente desnecessário, é super prejudicial aos fios que vão do extremo alcalino ao extremo ácido sem preparação ou tratamento prévio. O que na maioria das vezes resulta em corte químico instantâneo e no restante das vezes resulta em corte químico a médio e longo prazo. Pode fazer com quantos dias então? NÃO PODE… Ou faz alisamento definitivo (tioglicolatos e hidróxidos) ou faz redução de volume (progressivas).

 

1                 6

Mas se você acha que os riscos são apenas com sobreposição de químicas pesadas está enganada. A incompatibilidade começa com a água usada para lavar os cabelos. Águas cloradas em excesso, de minas, de poço, de termas contribuem e muito para reações incompatíveis, quebras e quedas dos fios. Shampoos e condicionadores contendo hidróxidos também são vilões nesses “casamentos”. O ideal é que se procure um profissional capacitado e pelo menos 1 vez ao mês, realizar procedimentos de desintoxicação dos fios com produtos desmineralizantes, principalmente para quem pretende fazer procedimentos químicos de transformação. E seguir à risca as indicações profissionais para o cronograma capilar.

É muito importante ter atenção especial com os procedimentos químicos capilares e suas incompatibilidades. É uma etapa do trabalho que não pode nunca ser ignorada.

A saúde e integridade das suas madeixas dependem disso.

11 COMENTÁRIOS

  1. Otimas informacoes. assunto super me interessa pois sao perguntas muitos frequentes… e com isso abrange nosso conhecimento e tira nosso apoio em produto e revendedores. Certissima nao tem jeitinho pra isso a basa e conhecimento e profissionalismo☺

    • Vou fazer uma matéria sobre isso… Mas é antemão ja posso te dizer que esmaltes são uma classe única no mundo da beleza… Eles tem uma moda própria… Não seguem tendências e suas cores são eternas… A escolha das cores está muito mais ligada a seu humor, seu compromisso, seu look, do que com as estações do ano.
      Tons como pretos, vermelhos e nudes são clássicos e caem bem em qualquer ocasião… Os coloridos e glitters funcionam como acessórios e fazem a diversão.
      Espero ter ajudado.
      Obrigada pela participação…
      Beijokas…

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here