Intimidade Sexual

1
133

A maior parte das dificuldades sexuais tanto para os homens quanto para as mulheres pode estar diretamente relacionada à diminuição da intimidade sexual entre os parceiros. Esse é um fato que inicia em alguma fase do relacionamento e pode seguir pela vida desgastando e prejudicando a relação, o que acaba gerando angústia, insegurança, insatisfação e frustração nas relações sexuais por parte de um dos parceiros ou de ambos.

A intimidade sexual se desenvolve quando duas pessoas a desejam e é uma “via de mão dupla”, pois para haver uma intimidade sexual de qualidade na vida a dois, é necessário que haja entre os parceiros uma troca de informações corporais, hormonais e emocionais de qualidade e espontaneidade, gerando um sexo de qualidade e satisfação na vida do casal.

Sexo é algo sagrado na vida, é divino, é espiritual antes de ser carnal.” Priscila C. Hermann

A intimidade possui vários significados e depende de muitos aspectos, mas a intimidade sexual que é o tema da nossa matéria de hoje tem tudo a ver com o conhecimento que vamos adquirindo de nossos próprios corpos, emoções e variações que ocorrem em cada fase de vidas, pois a sexualidade amadurece como tudo na vida. Quanto mais nos conhecemos, mais liberdade conquista-se com a outra pessoa. Liberdade para falar e pedir o que se gosta, sem medo de ser julgado ou se sentir estranho, é algo consensual, isto é, sempre gera uma aprovação por parte de um ou de ambos a respeito do que é permitido ou não durante a relação.

Tem casais que se amam, mas não tem mais intimidade sexual e fazem sexo por obrigação, pois a troca de informações deixou de ser natural entre eles, pois o conhecimento que precisa ter evoluído ficou limitado para um ou ambos os parceiros. Sexo precisa ser inteiro, à vontade, sem cobranças, natural e criativo, pois a monotonia acaba com a naturalidade. A variação com jogos e brincadeiras é fundamental para uma sexualidade saudável, pois durante tantos anos relegado ao pecado, o sexo deixou de ser espontâneo e acabou se tornando algo limitado. O sexo precisa começar a ser visto e vivenciado tal como foi criado, algo superior e necessário para a manutenção da vida a dois, algo mais despojado de tantos preconceitos, crenças e tabus.

Num relacionamento, seja de curto ou longo prazo, muitas vezes a intimidade sexual e mesmo a vida do casal fica em segundo plano, pois se acaba dando mais importância ao trabalho, às finanças, aos filhos, à casa, entre outras coisas e deixa-se de lado o que deve ser o mais importante, a base e o princípio de uma família, o casal.

Há muitas mulheres que imaginam que os homens só pensam “naquilo”, o fato é que eles realmente pensam mais em sexo que nós, mas não há nada de anormal nisso, pois para eles é importante que exista com a mulher que ele escolheu como companheira um sexo de qualidade para ambos. Ter sexo sem cobranças, ser desejado sexualmente é algo muito positivo para um homem, pois o contrário os faz sentir de lado, menosprezados e indesejados.

Será que podemos ser felizes para sempre como na imagem dos contos de fada que nos é apresentada desde a infância? Por que nos contentamos somente com a fase da conquista e esquecemo-nos de manter a chama acesa? A manutenção da vida a dois é uma responsabilidade tanto do homem como da mulher. Interessante observar que mesmo entre casais jovens o abandono e o descuido são evidentes, principalmente após a chegada dos filhos, e como este comportamento diminui a frequência do sexo e prejudica a manutenção da vida a dois. Com este distanciamento a função erótica do casal, que precisa estar em constante desenvolvimento, acaba ficando com déficit e algumas disfunções sexuais podem aparecer ou as que já existiam, podem piorar.

Exercer a intimidade como ela é em sua essência e mantê-la sempre presente em seu relacionamento é a chave para a construção do verdadeiro amor” Priscila C. Hermann

  • A Intimidade sexual precisa de autoconhecimento e disposição para conhecer o parceiro.
  • A intimidade sexual é o ingrediente perfeito para se descobrir sexualmente e libertar o que há de melhor em você.
  • Com intimidade sexual desenvolvida você pode se entregar ao outro por inteiro.
  • Quando existe intimidade sexual entre duas pessoas os corpos se comunicam, um pede pelo do outro.
  • Somente com intimidade sexual podemos vivenciar o que o sexo nos permite: a conexão completa entre homem e mulher.
  • Com intimidade sexual se faz sexo intuitivo, natural, o melhor de cada um pode ser experimentado, sem artifícios e altas performances.
  • Com intimidade sexual se faz aquele sexo com confiança, sem cobranças, experimentando a arte da entrega completa, somente assim o êxtase e a satisfação serão intensos para vocês.

 

Priscila Calil Hermann
Perfecto Sexualidade
Curitiba-PR (41) 3015-8486 | Porto Alegre-RS (51) 3907-2539
www.perfectosexualidade.com.br
contato@clinicaperfecto.com.br

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here