NINGUÉM PRECISA DE EMPREGO!

0
85

Como assim?! Nestes tempos de tantas pessoas desempregadas, como dizer que ninguém precisa de emprego?

Calma! Vamos explicar.

Para se ajustar às exigências do mercado, as organizações modificam-se com rapidez e não podem mais garantir o emprego em longas carreiras, até o profissional aposentar-se, como acontecia antigamente. Acontece que o mapa mental de grande parte das pessoas ainda preserva esse modelo. A evidência disso é que muitos daqueles que nos procuram buscam “um bom emprego, que me dê estabilidade e segurança”. Geralmente é neste ponto que precisamos confessar um segredo à pessoa: Papai Noel não existe! Nem o Coelhinho da Páscoa!

Brincadeiras à parte, tirando os órgãos públicos a cujos quadros se tem acesso por concurso, não existe garantia de emprego no setor privado. E em tempos de crise, nem mesmo sua competência e seus resultados garantem a sua posição. De repente, você se vê no mercado, disputando vagas com centenas, milhares de outros desempregados!

Ponto nº 1: O emprego está cada vez mais escasso, mas o trabalho é inesgotável! Percebeu a sutileza? A mensagem clara é: pare de procurar emprego! Procure Trabalho e Remuneração! Como prestador de serviço, como autônomo, como PJ, seja de que forma for, amplie seu horizonte, saia da visão em túnel, que enxerga uma coisa só. A capacidade de ser empregável é mais importante do que o emprego.

Ponto nº 2: Como está a sua Empregabilidade? Sabe o que é isto? Segundo José Augusto Minarelli, é a condição de dar emprego ao que se sabe, ou seja: colocar em ação aquilo que você sabe fazer, identificando quem – pessoas físicas ou jurídicas – “comprariam” os seus serviços, e oferecê-los adequadamente, através de um plano de Marketing Pessoal.

O Professor Luiz Carlos de Queiroz Cabrera nos diz que “Empregabilidade é a capacidade de desenvolver as competências requeridas para encontrar um espaço de contribuição profissional quando e onde for necessário”.

Resumindo:

– Não se desespere.

– Não procure somente um emprego; esteja aberto para outras formas de relação de trabalho que podem servir muito bem para um momento de Transição de Carreira, enquanto você se organiza para uma busca mais calma e focada.

– Identifique suas reais competências (e adquira outras), que representam seu grau de Empregabilidade e encontre “clientes” para as suas competências.

– Com calma e Inteligência você chega lá!

Sucesso!

Marília Schleder Fuhrmann – Consultora de Carreiras – www.msfuhrmann.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here