Política: muitas vezes um tabu.

0
95

Não raramente nos deparamos com questões políticas em nosso dia que muitas vezes ignoramos por medo de criar conflitos com aqueles que nos cercam e geralmente quanto nos vemos em meio a essas situações utilizamos a famosa frase “política não se discute!”

Bem essa frase nos leva a refletir sobre o modo como nos representamos e buscamos ser no mundo, como exigimos a existência de um mundo melhor, de um mundo diferente a esse que vivemos se ignoramos participar ou dialogar sobre a atividade que nos organiza e nos dá voz como seres ativos e vivos.

Por muito muito tempo nós mulheres buscamos ter voz, ter representatividade, participar da vida pública e desvincular nossa imagem daquele ser que devia ser submisso, que tinha como exclusiva função o labor, ou seja de apenas realizar as atividades necessárias a manutenção da vida.

Hoje possuímos várias conquistas que foram tidas ao longo do tempo que nos permitem ter voz na tomada de decisões em relação aos assuntos públicos, que nos possibilitam a participação ativa na atividade que nos permite utiliza-se daquilo que de mais humano há em nós, a capacidade do falar, do dialogar, do utilizar-se das palavras que dão sentido e significado a existência. E mesmo assim, depois de toda a luta das nossas guerreiras ancestrais ainda ouvimos varias de nós pronunciarmos a mesquinha frase “política não se discute!”, ora política se discute SIM! Ela está intrinsecamente ligada à nossa existência e nós mulheres como seres sábios, fortes e batalhadores devemos participar, discutir e nos impor perante ao mundo antiquado, quebrando este tabu que muitas vezes ainda nos veem como sexo frágil.

Jéssica Pacheco
Filósofa e pesquisadora política

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here