Procrastinação, por que adiamos nossos projetos?

5
120

Todas as pessoas vivas procrastinam, a todo momento e as vezes sem perceber. O simples ato de sentir vontade de beber água e logo em seguida pensar, “depois eu tomo”, é uma forma de procrastinação.

Este tipo de procrastinação é considerado benéfica, nós seres humanos precisamos desta sensação de liberdade ou de livre arbítrio, escolher o que queremos fazer e quando.

O que não é nada saudável é a procrastinação crônica, aquela que segundo estudos científicos atinge 1/3 da comunidade mundial. Esta, te impede de evoluir, de atingir seus resultados e consequentemente poderá ser o motivo para muitas perdas importantes na sua vida, um bom emprego, uma promoção, adquirir um bem próprio, ou até mesmo realizar um tratamento médico.

A mente do procrastinador crônico funciona criando gatilhos mentais baseadas em desculpas, qualquer ação é travada por algum tipo de limitação ou boicote. Precisamos estar atentos a estas sensações e sempre que ocorrer, analisar por que estamos procrastinando.

Para ajudar a identificar estas sensações, abaixo vou resumir as principais características do procrastinador.

As maiores fugas ou desculpas:

  • Internet – antes de executar uma tarefa importante, resolve dar uma verificada nas redes sociais, queimando todo seu tempo disponível;
  • Falta de disposição – diz para si mesmo que está sem energia para executar a tarefa e acaba deixando para outro dia;
  • Preguiça – simplesmente não quer fazer;
  • Tempo – julga não ter tempo por estar sobrecarregado com outras tarefas, que na maioria das vezes poderiam ser delegadas ou eliminadas da sua lista, por trata-se de tarefas cotidianas sem importância;
  • Perfeccionismo – está sempre em busca de informações complementares para realizar a tarefa, mas nunca finaliza esta busca.

As atividades comuns mais procrastinadas:

  • Atividade Física;
  • Ler livros;
  • Mudanças pessoais.

Características que influenciam a procrastinação:

  • Personalidade;
  • Crenças Limitantes;
  • Força de vontade;
  • Complexidade da tarefa.

Perceba que tudo se resume a entender sua desmotivação. É o medo, a insegurança, a frustração antecipada por talvez o resultado não agradar ou a soma de todos estes sentimentos. Tudo isso deve ser investigado e de uma certa forma “tratado”, pois o primeiro passo depende única e exclusivamente de você, já o resultado, mesmo que não venha na velocidade ou na qualidade esperada temos que tentar, caso contrário nunca vamos saber se estamos no caminho certo.

Entendendo quem somos conseguimos criar estratégias para driblar a procrastinação. Sim procrastinação é combatível, com treino e atenção conseguimos evitar que este comportamento domine nosso dia a dia.

Um passo importante é criar uma pergunta de impacto para se fazer ao perceber que está tentando procrastinar.

Responda e avalie as respostas. Exemplos:

  • “Se eu não fizer agora esta tarefa qual será meu prejuízo? ”
  • “Se eu fizer agora esta tarefa qual será meu benefício? ”
  • “Por que eu não gosto ou não quero executar esta tarefa? ”

Outra atitude a ser tomada para nos educar é eliminar as distrações, temos mania de nos esconder atrás de distrações ou projetos que não são importantes, porém mais simples de executar, depois a desculpa é: “poxa como a hora passa rápido, agora não dá mais tempo, deixa para amanhã”.

Ferramentas para auxilia-lo e evitar a procrastinação:

  • Divida seu projeto, sua meta ou tarefa em partes pequenas, capítulos menores e execute aos poucos, determine prazos para cada capítulo;
  • Pense sempre no prejuízo por não executar;
  • Pense nas pessoas que você deixará feliz por realizar este projeto;
  • Programe uma recompensa sempre que você finalizar um capitulo;
  • Solicite ajuda a alguém de sua confiança, alguém que cobre o resultado ao final do prazo, um mentor neste caso é perfeito.
  • Tenha força de vontade, o mais importante.

Pense, melhor fazer alguma coisa do que coisa alguma.

Fico aqui torcendo para que você alcance melhores resultados na sua vida como um todo.

 

Valquiria Dafre
Consultora em Organização especializada em organização pessoal e corporativa.
www.valquiriadafre.com.br
Celular:(11) 98714-3691

 

5 COMENTÁRIOS

  1. Olá , Parabéns! Excelente artigo! É preciso sair da nossa zona de conforto, pois lá não crescemos, e ter muita disciplina, na questão da Procrastinação! O resultado , com certeza, vai agregar valor ao nosso desenvolvimento pessoal e produtividade aos nossos resultados pessoal e profissional!Gratidão por compartilhar o seu conhecimento!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here