O Profissional da Indústria 4.0, inovando habilidades.

0
312

Estamos na Quarta Revolução Industrial, conhecida por Indústria 4.0, ou também Manufatura Avançada, e o que essa onda pode mudar na sua vida? Mais uma modinha? Não, meu Amigo(a), não é moda, você já faz parte Dela, quando há revolução é para valer, portanto para entender, compartilho minhas reflexões.

Puxa a cadeira.

A indústria 4.0 ou Empresa do Futuro já chegou, estamos no meio da revolução, não há tempo para esperar, ou achar que isto não é para você, toda essa revolução tem mudado nossas vidas diariamente.

Com todo respeito às revoluções passadas, sugiro a quem não conheça ir ao Google agora para entender as revoluções e a cronologia que nos trouxeram até aqui.

Você imaginaria em pleno século XXI ter apenas uma opção de cor e modelo de carro para comprar? Esperar a válvula da TV esquentar para assistir o Brasileirão? Passar roupas com o ferro a carvão? Ter um membro amputado e viver sem o sonho de usar uma prótese? A única constante é a mudança. A pergunta-chave não é se tudo mudará, mas sim o que vem pela frente? É inútil lutar contra. Não há limite, a tecnologia nos ajuda diretamente! A inteligência artificial já existe na prática, não é mais um filme científico de coisas do futuro. Futuro? Não, não. Se trata do agora, estamos nele. A única certeza que temos na vida é que vamos morrer, nenhum dia é igual ao outro e tudo muda, cada instante um novo lançamento, produtos e serviços com agregação de valor que nos faz pensar: Como vivi tanto tempo sem isto!

Pensando como consumidora, vejo como temos opções de escolha, menor custo, mais qualidade e agregação de valor; combos econômicos, por assim dizer. Por outro lado, coloco-me no lugar das empresas, a concorrência aumentou ou foi substituída, as taxas tributárias só aumentam e indo além, coloco-me no lugar daquele funcionário que será substituído por robôs, por um aplicativo ou atividade extinta, portanto, qual o perfil do profissional para Indústria 4.0? Como as empresas desprovidas de tecnologia, investimentos e recursos sobreviverão?

A única fórmula que conheço para uma empresa evoluir, ser competitiva e sustentável, é a soma da gestão de talentos, líderes, liderados, pessoas certas no lugar certo, eliminação de desperdícios, custos adequados, padronização, gestão da rotina, qualidade, agregação de valor em processos e atitudes operacionais, inovando e reinventando para se fazer mais com menos.

A Quarta Revolução nos dá soluções inteligentes, seja em automação a integração de informações, entretanto, a sobrevivência está na inovação de processos, produtos, serviços, entre outros, que precisam das pessoas certas, qualificadas, preparadas e antenadas com o mundo, buscando qualidade de informações que agreguem algo na vida pessoal ou profissional.

Um operador de uma determinada máquina de usinagem não precisa ser pós-graduado para melhorar ou sugerir algo, ele já é o especialista naquela atividade, basta ter a ânsia da inovação, a inquietude por fazer diferente com menos esforços e recursos, pensando como se fosse o empresário, o dono daquela máquina, tomando as rédeas dos processos e questionando o “por que sempre foi assim”.

Em outros artigos já abordei a atitude da liderança e o papel fundamental em gerir talentos, acredito que não seja obrigação apenas da liderança buscar o melhor processo, e sim, os liderados também devem contribuir em um ambiente propício e aberto para sugestões.

Imagem 001

Hoje temos ferramentas disponíveis diariamente que possibilitam conhecer mais, seja num bate papo num happyhour, seja acessando a internet; inerentes, nunca houve tanta informação disponível, porém dispersas, sem foco. Acessamos os milhares de grupos de WhatsApp e links no Youtube para ler e ver as mesmas piadas, ou informações sem credibilidade ou valor real para nossas vidas. Aproveite mais o seu tempo, quantas pessoas chegaram ao sucesso sem um diploma, chegaram aonde chegaram pela atitude, suor, dedicação e automotivação?

Esteja preparado com as armas que estão disponíveis. Esteja motivado por si, pense como um empreendedor!

Oportunidade se procura! Se cria!

O homem nunca será substituído, mas deve moldar sua atitude, habilidade além dos requisitos básicos para atender o cargo, saber operar e dominar os robôs, ter espírito de equipe e empatia já não são diferenciais e sim condição “sine qua non“.

Talvez inspirada pela minha atual idade, batizo o conjunto do que se espera de um profissional atual: Habilidades e Atitudes 4.0.

A atitude em busca de inovação, excelência e melhores processos, risos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here