Ser Anjos da Cidadania – Voluntários Social

0
91

Ao longo da história, entre progressos e retrocessos de nossa sociedade contemporânea, o conceito de cidadania foi ampliado, passando a englobar um conjunto de valores sociais que determinam o conjunto de deveres e direitos de um cidadão “Cidadania: direito de ter direito”.

Cidadania é a participação de todos, direta ou indiretamente na busca de direitos e benefícios sociais, que tornem todos os cidadãos iguais, livres e solidários perante os demais e perante a lei.

Falando agora de outro termo que é o voluntariado: origina-se do latim voluntar + Gratuidade.

Desta forma o voluntário é a pessoa que realiza determinada ação de livre e espontânea vontade, e exerce também na sua cidadania. O voluntariado é o conjunto de ações de interesse social e comunitário em que toda atividade desempenhada reverte a favor do serviço e do trabalho. É feito sem recebimento de qualquer remuneração ou lucro.

Tudo bem, mas o que eu ganho com isso e o que isso tem a ver com cidadania? O voluntariado traz benefícios tanto para a sociedade em geral como para o indivíduo que realiza tarefas voluntárias. É graças a esse tipo de trabalho que muitas ações da sociedade organizada têm suprido o fraco investimento ou a falta de investimento governamental em educação, saúde, lazer e mobiliza para que nós exijamos dos governantes eleitos por nós mesmos que ações sejam tomadas.

Cláudia Kobayashi - Contando histórias "Anjos da Cidadania".
Cláudia Kobayashi – Contando histórias “Anjos da Cidadania”.

Sem contar que contribuímos para a uma sociedade mais coesa, através da construção da confiança e da reciprocidade entre as pessoas. Ele serve, ou deveria na teoria à causa da paz, pois abre oportunidades para a participação de todos.

Apenas uma reflexão sobre os dias de hoje.

 

Cláudia Kobayashi
Responsável técnica de Psicologia
CRP 08/12304
Clínica Biografia Corpo e Mente

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here