Sete de Setembro – Dia da Independência do Brasil.

0
48
Independência ou Morte, do pintor paraibano Pedro Américo (óleo sobre tela, 1888).

Sete de Setembro, Independência do Brasil – O Eterno Grito de Independência, ou, Morte!

Em nove de janeiro de 1822 aconteceu o Dia do Fico. Pois Dom Pedro I não aceitou as exigências da Coroa Portuguesa para que ele voltasse para Portugal. Então ele disse a famosa frase que entrou para a História:

“Se é para o bem de todos e felicidade geral da Nação, estou pronto! Digam ao povo que fico”.

A partir daquele dia, a elite e os intelectuais brasileiros notaram que a Independência do Brasil aconteceria naquele mesmo ano.

Afinal depois do Dia do Fico, D. Pedro fez várias mudanças para preparar o Brasil para a independência:

  • Organizou o Exército e da Marinha;
  • Convocou uma Assembleia Constituinte;
  • Obrigou a volta das tropas portuguesas;
  • Pediu que todas as mudanças feitas pela Coroa Portuguesa deveriam, antes de entrar em vigor no Brasil, ter a aprovação dele;
  • Foi a São Paulo e Minas Gerais para apaziguar a população.

Ao viajar de Santos para São Paulo Dom Pedro recebeu uma carta da Coroa Portuguesa que desejava sua volta para Portugal e anulava a constituinte. Mas ele não aceitou.

Embora a Maçonaria tenha proclamado a Independência do Brasil dia 20 de agosto de 1822, ela foi oficializada no dia 7 de setembro de 1822, por Dom Pedro I às margens do Rio Ipiranga em São Paulo. Assim nosso país deixou de ser uma colônia de Portugal.

As causas que provocaram este fato foram:

  • Desejo de autonomia política;
  • Altos impostos que Portugal exigia do Brasil;
  • Tentativa da Coroa Portuguesa de dominar nosso país.

Alguns sociólogos e historiadores criticam a Independência do Brasil porque ela não teve a participação concreta do povo.

Sem falar que eles, também reclamam que o nosso país tornou-se, dependente, mesmo que por trás dos panos, de outros países até hoje.

Os desfiles de Sete de Setembro passaram a surgir no ano seguinte, onde militares e estudantes passaram a marchar nas ruas, acompanhados por uma banda.

Porém, em todo o desfile de Sete de Setembro, há uma figura que é a musa da parada: a baliza. As primeiras balizas eram garotas de programas bonitas, escolhidas em bordéis de luxo. Pois, no século dezenove, as moças de família não costumavam se expor.

Depois, no começo do Século XX, por causa de reclamações, as balizas foram substituídas por jovens bonitas da sociedade, geralmente, coroadas em concursos de beleza.

Na minha época de estudante, as balizas eram as meninas mais bonitas da sala. Por isto, várias garotas sonhavam com este posto no desfile de Sete de Setembro.

A empreendedora deve aproveitar esta data para decorar seu comércio com o tema, principalmente, com as cores verde e amarela. Ela também pode usar frases como:

  • Aqui, proclamamos a independência dos preços altos!
  • Liquidação ou Morte!
  • Aqui, você não vira baliza, mas fica preparada para qualquer desfile.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here