Sobre biquíni e a rede social.

0
109

A peça que sacudiu o mundo completa 70 anos. Esta foi a chamada de uma matéria que me chamou a atenção logo após de ter lido a mensagem de uma amiga: “preciso tomar coragem e aprender a usar as redes sociais”.

Certamente, esta amiga não era nascida quando Louis Réard causou frenesi ao lançar o traje de banho de duas peças, citado por Diana Vreeland – editora da revista Vogue, como “a invenção mais importante do século, depois da bomba atômica”.  O Biquíni se tornou o símbolo da mudança, marcando o fim da época dos corpos e personalidades escondidos atrás de maiôs fechados que cobriam as pernas.

Pivô de desavenças, críticas e olhares curiosos, o biquíni foi responsável por alterações no comportamento humano e, mesmo ao celebrar sete décadas de existência, parece que continua mais atual do que nunca.

Engana-se quem pensa que a adesão das mulheres fora imediata. A ousadia só conquistaria o mundo após ser divulgado por beldades e atrizes nas telas dos cinemas. O Brasil foi palco de uma emblemática cena de coragem da atriz Leila Diniz ao mostrar sua barriga de oito meses de gravidez. O fato percorreu o mundo, lançou moda e conquistou seguidoras. Naquela época não havia rede social!

Ao entender mais sobre esta revolucionária criação, me deu um clique e comecei a ligar os pontos e olhar para a rede social como as “duas peças da vez”, e que veem causando drásticas alterações na forma como as pessoas se relacionam, conversam, compram e discutem.

Libertador dos costumes, o biquíni revelou o umbigo. A rede social revela a personalidade, gostos e estilo de seus usuários.

Muito embora quase que1/3 da população mundial esteja presente no Facebook, ainda há um bocado de gente que não usa “rede social” e, dentre os que usam, é grande o número de perfis utilizados incorretamente.

Quem nunca viu uma moçoila vestindo um biquíni inadequado para o seu corpo e que deixa de reforçar seus pontos fortes?

Tenho notado um número crescente de profissionais liberais, empreendedores, coachs, corretores de imóveis, instrutores, esteticistas e aí por diante, os quais, muito embora estejam presentes na rede, perdem a oportunidade de divulgar seus serviços e pontos fortes.

Cada negócio, cada marca pessoal tem as suas particularidades e seu público-alvo, e provar qual rede social pode “destacar suas curvas, escondendo aquela barriguinha indesejável”, pode trazer impactos significativos no fim do mês.

Biquíni tomara-que-caia é charmoso, sexy e está super na moda, mas não significa que caia bem para qualquer corpinho. Assim é a maior rede social do mundo, com seus quase 2 bilhões de perfis ao redor do planeta. Super famosa, parece que faz parte de qualquer apresentação pessoal hoje em dia.

“Vamos nos falar? Claro, me passa seu face”. Quem nunca passou por uma situação como esta?.

Inegável a força desta ferramenta para conectar e aproximar as pessoas, de qualquer região do mundo. E não tem mais essa de que “meu face é pessoal”, então posso publicar o que eu quiser. Mesmo que sua intenção seja a melhor possível, muitas vezes pode ser compreendida equivocadamente.

Dependendo do tipo de serviço ou negócio, esta rede social é perfeita – especialmente, para ofertas relacionadas a moda, bem-estar, saúde, coach, produtos de beleza e serviços diversos. Para um corretor de imóveis também pode ser usada como “fidelizador de clientes”. Mesmo que o cliente não vá comprar um imóvel por ano, reforçar sua marca de maneira contínua o ajuda a, por exemplo, ser indicado para um amigo que está procurando imóvel na região. E, acredite. Seu futuro cliente poderá entrar em contato pelo messenger.

Profissionais que vendem conceitos, consultoria, assessoria também devem dar uma espiadinha na rede social Youtube, para entender como e porque esta é a rede social que mais cresce no mundo todo. Neste ponto é que se quebram os maiores tabus. Tipo biquíni asa delta (famoso na década de 1980). Precisa de forte personalidade e um tanto de ousadia para criar coragem e começar a gravar os primeiros vídeos.

Depois de um tempo você deixa de se preocupar com a perfeição, rugas e papadas e chega a conclusão de que o tempo gasto para regravar um vídeo por preciosidade do tipo: esse vídeo está mostrando minha papada – não faz diferença. O que faz diferença é que seu conteúdo seja interessante, vendedor e atraia seguidores.

Agora, se você está empreendendo no segmento B2B (negócio que vende para negócio), então vale uma peça mais comportada, como a rede social LinkedIn. Funções avançadas para a busca de seu cliente alvo, com quebras por indústria, área de atuação, região geográfica, grau de proximidade entre outras, conferem ao resultado de busca mais assertividade. Outro ponto de destaque é sobre a veracidade e profundidade das informações, as quais é possível se obter com o simples ato de visitar o perfil de membros da rede de contatos. 

Falar sobre a influência do WhatsApp para qualquer tipo de negociação seria redundante, mas entendo ser fundamental a compreensão de que a linha que divide praticidade e invasão de privacidade é muito tênue. Enviar mensagens em horários inapropriados ou conteúdos não solicitados pode colocar seu nome na lista dos “bloquear este contato”.  Algo do tipo, entrar no elevador social vestindo apenas o traje de banho de duas peças.  Pode soar um tanto quanto desagradável.

Internet e rede social talvez sejam a maior revolução da nossa época. O mundo jamais será o mesmo. As pessoas estão se expondo muito mais. As chances são para quase todos, muito mais abrangente do que eram há 20 anos. As pessoas estão se aproximando, se relacionando e conversando como nunca vimos. O mundo está na rede e não podemos estar de fora. 

Conheço muitas mulheres que não gostam ou não querem vestir um biquíni. E isso é um direito que lhes cabe. Agora, quase que inadmissível estar fora das redes sociais (do ponto de vista profissional).

Minha amiga está certíssima ao afirmar que “precisa tomar coragem e aprender a usar as redes sociais para ganhar dinheiro”, mesmo que isso requeira um pouco de treinamento sobre cada uma das redes sociais disponíveis. Muito semelhante com o treinamento “queima colorias” que fazemos, para estar em forma para o próximo verão.

Seria um prazer receber o seu comentário sobre este artigo. Fique super à vontade para compartilhar com a sua rede.

Até a próxima.

marca

Especialista em LinkedIn 
Ajudo a criar perfil de destaque no LinkedIn
Fone: 55 11 98111.0836

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here