A cultura de achar que poupança é investimento

0
1344
Hábito de poupança

A herança do período inflacionário é habito de acreditar que poupança é investimento.

Nem sempre tivemos esse cenário econômico, do qual temos investimentos seguros e confiança nos bancos, há menos de três décadas não tínhamos essa economia, e isso tem fomentado a cultura de acharmos que poupança é investimento, frisando o fato de que poupança não é a mesma coisa que o ato de poupar.

Há 25 anos vivíamos, em um cenário inflacionário do qual não tínhamos poder de compra, os bancos não eram confiáveis, pois muitos faliam, tínhamos então a opção de investimento, a longo prazo, somente a bolsa de valores, ou se fosse a curto prazo, a poupança com o overnight.

Overnight na época inflacionaria em que poupança era investimento, era a única opção segura de renda fixa, por que ele garantia o poder de compra, se o dinheiro fosse aplicado, da noite para o dia seguinte, e como a inflação era acima do 1000% esse rendimento era bem alto, isso era um incentivo para a população investir no overnight.

Contudo após a formação do plano real, a inflação acabou fazendo com que overnight seja, hoje em dia, somente utilizado de banco para banco.

Porém ficamos muito tempo com essa realidade, e foi criada essa cultura, da qual temos medo de investir em outra renda, e a grande maioria achando que a poupança ainda rentabiliza.

Contudo ela já não rentabiliza nem mesmo a inflação do período. Hoje em dia temos o fundo garantidor de credito, que garante nossas aplicações caso o banco venha falir, temos diversas opções de renda fixa e variável, de fácil acesso.

E mudar uma cultura é muito difícil, é necessário muita informação e conhecimento.

Caso você ainda deixe seu dinheiro na poupança o ideal é começar a investir moderadamente, para ter menos riscos, e conseguir ir construindo o habito de investir, para só assim depois conseguir diversificar sua carteira de investimentos com investimentos que melhor lhe agradem.

Uma ótima opção de investimento de renda fixa, para nós empreendedores, é o CDB (certificado de deposito bancário) pois ele possui rápida liquidez e podemos fazer nossa capital de giro e reserva de emergência render.

Se formos investir como pessoa física, existe diversas opções ótimas e de baixo risco, como o tesouro, que é quando emprestamos dinheiro ao governo, o CDB e debêntures, e até mesmo, opções isentas do imposto de renda como a lci e lca.

Opções de conseguirmos valorizar nosso dinheiro não nos faltam, o que precisamos construir é uma regra para poupar no local certo, e essa regra se transformar em um habito, para então conseguir mudar a cultura de uma população.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here