As chamadas Crianças Difíceis… Você conhece alguma?

1
102
Crianças Difíceis
Crianças Difíceis (Imagem meramente ilustrativa)

As Crianças Difíceis expressam um comportamento de aspecto hiperativo ou alheio em seu cotidiano.

Crianças Difíceis Os números delas são tantos, na maioria das vezes pais e professores não sabem o que fazer com elas. E desconhecem quais são realmente as raízes de seus problemas.

O que também não sabem é que muitas delas trazem em si um transtorno na sua constituição psíquica conhecido como TRANSTORNO NARCISISTA NÃO PSICÓTICO.

Na escola as Crianças Difíceis apresentam queixas de dificuldades de aprendizagem na alfabetização, nos processos lógico-matemático.

Repetem a mesma série por diversos anos e a etiologia do problema não se encaixa em quadros neurológicos, numa linguagem psicanalítica não estrutura uma psicose ou neurose grave.

Entretanto, demonstram potencial cognitivo, revelando condições de serem resgatados em sua capacidade de aprendizagem.

Na verdade, essas crianças não são difíceis o seu comportamento é que revela uma comunicação difícil pelo fato da mesma não saber o que se passa com sigo mesma, pois carregam consigo um transtorno na sua formação psíquica.

A incógnita de seu comportamento revela a necessidade de atrair a atenção extrema para si seja de que maneira for.

Este comportamento é a sua forma como se COMUNICAR.

E o causador dessa forma ausente ou agressiva de se comunicar é uma falha na organização dos significados que tem como sintoma a ausência de autonomia.

Significa que os conhecimentos que trazem são fragmentados, são buracos, as chamadas “falhas” na estrutura psíquica tanto na aprendizagem como em toda a sua história como sujeito.

E essa comunicação quer dizer que a criança constantemente exigir a presença do outro, para que consiga perceber-se ao longo do tempo e espaço.

São pessoas que apresentam lacunas na estruturação intrapsíquica e não conseguem sozinhas buscar identificações que as levem a construção de seus projetos de vida. Zimmermann (1997) p.58.

Ficou na curiosidade para saber o que faz uma criança ter este diagnóstico?

Na próxima postagem falarei dos fatores que interferem

  • No processo de aprendizagem e de comportamento dessas crianças;
  • O que contribui para que estas crianças tenham adquirido esses sintomas;
  • E que contribuições favorecem o aprendizado e melhor comportamento dos destas.

Aguarde a próxima postagem – Crianças Difíceis parte II – Memória Sensorial.

1 COMENTÁRIO

  1. excelente postagem pois trata-se de um assunto do nosso dia a dia, casos que acontecem com várias crianças mundo a fora, e que não são compreendidas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here