Banco Genético: o banco mais valioso do Brasil

2
17020
Banco Genético
Banco Genético: Dra Heloísa Bagatin Cardoso, Dr. Márcio Antônio Teixeira Mazzaro, Dra. Maria Cléria Valadares Inglis, Dra. Marcela Pitombo e Dr. Juliano Gomes Pádua

Você sabe qual é o banco mais valioso do Brasil?

Banco Genético: o banco mais valioso do Brasil. Se você pensava que este banco guardava barras de ouro ou dinheiro se enganou!

Com acesso restrito, muitas portas com senhas e segurança reforçada, o Centro Nacional de Recursos Genéticos (CENARGEN) da Embrapa guarda em seus “cofres” uma coleção de mais de 140.000 amostras de material genético.

Esse super acervo de microorganismos, sementes vegetais e amostras de animais do Banco Genético é um dos maiores do mundo e tem valor inestimável para o país!

Tive o grande privilégio de conhecer um pouco do espaço da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, em Brasília/DF, em visita guiada pela Chefe Geral Maria Cléria Valadares Inglis, renomada geneticista nacional, a pesquisadora de Recursos Genéticos e Biotecnologia Rose Monnerat, e o engenheiro agrônomo Juliano Gomes Pádua, curador do banco genético.

Também me acompanharam nessa visitação o Procurador Estatal da Conab Márcio Antônio Teixeira Mazzaro (ex-Coordenador da Equipe Técnica do Programa Nacional de Bioinsumos), e a advogada e sócia da Aliança Rural Consultoria Marcela Pitombo.

Agora vou compartilhar um pouquinho dessa experiência com você!

Em primeiro lugar, o que mais impressiona no CENARGEN é a grande variedade de amostras de material genético catalogadas. Por exemplo, algo simples como o feijão, quantos tipos geralmente vemos no mercado? Provavelmente, vamos citar os 05 mais famosos na culinária, como preto, carioca, branco, vermelho, fradinho… mas descobri que existem mais de 15 mil tipos diferentes! Arroz, então, são mais de 18 mil!

Começamos nossa caminhada pela Embrapa nos laboratórios responsáveis pela pesquisa com Bioinsumos, possuindo três principais frentes: de conservação genética, para produção de remédios (cerca de 800 mil diferentes); de biotecnologia, que envolve o estudo de genes, com utilização de nanotecnologia, para melhoramento de cultivares, por exemplo; de controle de bactérias e pragas.

No primeiro laboratório que visitamos da Embrapa, pudemos conhecer o trabalho que está sendo desenvolvido para combater o mosquito Aedes Aegypt

O combate a esta praga é de difícil controle considerando que os ovos do mosquito são extremamente resistentes e podem sobreviver até um ano em local seco e se desenvolver em até meia hora após entrar em contato com a água.

A Dra. Rose Monnerat também nos mostrou algumas pesquisas para controle de insetos e pragas na agricultura, explicando a necessidade de fazer vários testes em ambiente controlado até a produção de um bioinseticida eficaz e que seja acessível ao produtor rural consumidor.

No laboratório de bactérias, há uma coleção de mais de 30 anos que são armazenados em locais apropriados para conservação, existindo cerca de 3.000 isolados de vacinas. Foram mostrados alguns equipamentos novos utilizados nas pesquisas, como um fermentador.

A Dra. Maria Cléria ainda ressaltou que a maior parte da equipe do laboratório são mulheres, pois o trabalho com microrganismos e equipamentos de precisão exigem carinho, dedicação e um olhar detalhista característicos do gênero.

O engenheiro agrônomo Juliano Gomes Pádua nos mostrou um pouco do procedimento de armazenamento de material no Banco Genético. Em relação às sementes, caso elas tenham mais de 85% de germinação são utilizadas para pesquisa e desenvolvimento.

Quando possuem baixa germinação, as sementes são desidratadas e guardadas em envelopes lacrados, devidamente catalogadas, e armazenadas em câmaras de conservação frias a uma temperatura de -20ºC.

Nas hipóteses das sementes não se adaptarem ao processo de secagem, também há uma sala de conservação das plantas em forma de mudas, exigindo um acompanhamento e monitoramento maior dos profissionais envolvidos.

Para encerrar a visita técnica, conhecemos os criobancos microbiano, vegetal e animal, nos quais são armazenadas amostras de material genético em tanques com temperaturas que podem chegar a -195ºC.

Na despedida, a Dra. Maria Cléria nos presenteou com o livro “Controle Biológico de Pragas da Agricultura”, da Embrapa.

Espero que tenha gostado de conhecer um pouco mais sobre o banco mais valioso do Brasil!

Clique aqui e acesse, curta e compartilhe minhas outras matérias.

2 COMENTÁRIOS

  1. Muito interessante termos informações sobre um Banco tão relevante para nossas pesquisas e para o futuro de tantas descobertas científicas no Brasil. Obrigada pela oportunidade. Sucesso aos pesquisadores e administradores desse acervo valioso da EMBRAPA que vem de tanto tempo e atravessa anos de trabalho e muitos governos. Parabéns pelo artigo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here