Comércio Eletrônico – Compra e venda pela internet

0
2298
Comércio eletrônico
Comércio Eletrônico - Compra e venda pela internet

O que é e como funciona o Comércio eletrônico

Comércio eletrônico, e-commerce, comércio virtual ou venda não-presencial, é um tipo de transação comercial feita especialmente através de um equipamento eletrônico, como, por exemplo, computadores, tablets e smartphones.

O comércio eletrônico tem a mesma função de uma loja de rua: vender produtos. No entanto, isso é feito por computador, sem que exista o contato direto entre o cliente e o vendedor.

Ela vende os mesmos produtos que uma loja física, como roupas, cosméticos, móveis, eletrônicos, etc

O Comércio eletrônico compreende qualquer tipo de negócio/transação comercial que implica a transferência de informação através da internet.

Existem diferentes tipos de negócio que se estabelecem por e-commerce, B2B (Business to Business) ou B2C (Business to Consumer) que é direcionada diretamente ao consumidor.

As empresas hoje veem a criação de uma loja on-line não apenas como uma atualização, mas como mais uma área de negócio alternativa explorando as suas vantagens face aos métodos tradicionais.

Nos Estados Unidos, o e-commerce teve início em 1995, com o surgimento da Amazon.com e outras empresas.

Já no Brasil, o setor começou a se desenvolver cinco anos depois. E com a vinda do COVID-19, o crescimento das vendas online se triplicaram.

Empresas que relutavam com o sistema, aderiram ao comércio eletrônico para não quebrarem e manterem seus negócios funcionando e viram nesta ferramenta algo positivo.

O que é uma loja virtual:

A loja virtual é uma página na Internet que utiliza software de gerenciamento de pedidos, na qual, empresas oferecem e vendem seus serviços ou produtos.

Onde os clientes acessam o site, escolhem os artigos para aquisições, efetuam as compras e fazem os pagamentos de diversas formas (tudo on-line) e recebem estes produtos/serviços em casa ou no endereço desejado, tanto físico como virtual.

Alguns itens primordiais que não podem faltar em uma loja virtual:
  • O site da loja tem que seguir as regras da Lei Geral de Proteção de Dados – LGPD;
  • No seu rodapé tem que conter o CNPJ e endereço da empresa;
  • Na loja o produto tem que ser real;
  • Ter todas informações descrevendo o produto;
  • Prazo de entrega e se tem taxa, ser explicito o valor da taxa ou de como calcular;
  • Contato com o vendedor em casos de dúvidas;
  • Prazo e as formas de devolução em caso de arrependimento;
  • Quais os procedimentos em caso de trocas;
  • Cumprir o prazo estipulado para entrega;
  • Entre outros.

Estes são alguns itens para que sua empresa possa trabalhar sem ter problemas e alavancar sua marca no mercado.

Cuidados do consumidor:
  • Antes de efetuar qualquer compra verifique o site;
  • Faça uma pesquisa se é um site conhecido e é seguro;
  • Pergunte para seus amigos se conhecem e se já fizeram compras e se correu tudo bem;
  • Procure obter o máximo de informações possível em relação ao site e do produto que está buscando;
  • Veja se tem como contatar o vendedor antes de fechar qualquer compras – Mesmo que não tenha dúvidas;
  • Faça o teste, checando tudo, tirando suas dúvidas;
  • Sentindo-se seguro efetue a compra;
  • Mas, se sentir algo que lhe incomode procure um profissional do Direito para esclarecer suas dúvidas, pois é melhor prevenir, porque a solução e demorada e desgastante.

Mais esclarecimentos sobre Comércio Eletrônico (compra/venda pela internet) Dr Alan do Carmo, Dr. Alexandre Gomes, Dr. Leandro Vicente.

Acesso à Informação

O titular tem o direito de receber informações de como está sendo tratado os seus dados e também solicitar que eles sejam deletados pós compra conforme a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais – LGPD.

Clique aqui e acesse, curta e compartilhe minhas outras matérias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here