Como reconhecer ansiedade e a depressão

0
1904
Ansiedade e a depressão

Conheça os sintomas de cada uma delas…

Ansiedade e a depressão, são por muito confundidas, Muitas vezes a depressão surge em casos graves de ansiedade crônica, foi o que aconteceu comigo.

A OMS Organização Mundial de Saúde revela que em 2020 a depressão será a terceira causa de mortalidade população mundial.

Incluso os transtornos de ansiedade são mais propensos em nós mulheres.

Diferenciar ansiedade de depressão nem sempre é fácil, por causa da semelhança de alguns sintomas.

Tanto a ansiedade como a depressão são formas de reagir acontecimentos externos e internos, ou seja, quando interpretamos como uma ameaça dispara nosso sistema de alerta, denominado Ansiedade.

Porém se interpretamos como perda ou falha abrimos espaço tristeza, depressão.

Quando eu tive depressão alguns anos atrás, o problema inicial foi o medo do futuro, de não conseguir dar conta das coisas, ou seja, ansiedade.
Eu não conseguia viver o presente, porque estava sempre preocupada com o futuro.

Isso abriu espaço para tristeza, eu me sentia incapaz, com baixa autoestima, com medo de falhar em situações que nem tinha acontecido (e que nunca aconteceram).

Eu sentia uma tristeza profunda, esse sentimento foi crescendo e cada vez mais meu cérebro, meu organismo produzia mais química negativa e eu acabei viciando em ficar triste.

Ou seja eu viciei na química da tristeza e desenvolvi depressão, que também pode ser chamada de tristeza crônica.

Estava presa a acontecimentos, falhas e erros do passado que me impediam a viver o momento presente.

Existem fatores externos que podem contribuir para o desenvolvimento da depressão:

  • Predisposição familiar;
  • Acontecimentos traumáticos como: divórcio, luto, tragédia, perdas, entre outros;
  • Personalidade mas introvertida;
  • Uso e abuso de substâncias como álcool e cocaína também podem desencadear depressão.

Sintomas físicos que a ansiedade e a depressão causam no organismo:

Sintomas físicos da ansiedade:

  • Sensação sem motivo aparente de medo ou pânico;
  • Problemas de concentração;
  • Irritabilidade;
  • Insônia;
  • Dificuldade em respirar;
  • Palpitações;
  • Boca seca;
  • Náuseas;
  • Tensões musculares e tonturas.

Sintomas físicos da depressão:

  • Sensação de tristeza profunda;
  • Menor interesse por atividades do cotidiano mesmo que antes fossem em atividades prazerosas;
  • Sensação de culpa por falta de esperança para o futuro;
  • Fadiga crônica;
  • Insônia ou dormir em demasia;
  • Variações abruptas de peso;
  • Alteração na memória;
  • Concentração e raciocínio;
  • Diminuição da autoestima e de autoconfiança.

Resumindo

Ansiedade a incapacidade de viver o agora excesso de preocupação com o futuro.

Depressão tristeza crônica. excesso de medos baixa autoestima e a apego acontecimentos e erros do passado.

Eu consegui vencer a depressão com ajuda médica, a princípio fiz uso de medicamentos por um mês porém com yoga e meditação eu consegui deixar os remédios e produzir sozinha química positiva no meu corpo.

Para controlar ansiedade eu vou te indicar uma técnica respiratória que se chama coerência cardíaca, desenvolvida pela Dra Rosane Santos que vai te ajudar a controlar crises de ansiedade em poucos minutos sem tomar as rédeas da sua vida.

Ficaria muito feliz em saber a sua opinião se você já sofreu ou sofre de ansiedade ou depressão.

Quero muito saber quais são as suas técnicas para lidar com a depressão ou com a ansiedade por que quando a gente comenta sobre esses assuntos fica muito mais fácil de lidar com eles.

Um forte abraço, que você fique bem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here