Conhecer a cartela de cores é importante, mas não se torne sua escrava

0
1612
Conhecer a cartela de cores
Conhecer a cartela de cores é importante, mas não se torne sua escrava

“Você não pode mais usar preto” é uma afirmação impactante

Conhecer a cartela de cores é importante, mas não se torne sua escrava, pois esse conhecimento tem o objetivo de libertar e não criar amarras ou limitações.

Muitas pessoas têm receio de ouvir, ao contratar uma consultoria de imagem, que não poderão mais usar preto.

A Consultoria de Imagem tem uma atividade chamada Análise de Coloração Pessoal através da qual, a própria Consultora de Imagem ou uma Analista de Coloração Pessoal, identifica quais as cores que mais harmonizam com uma pessoa.

Um dos métodos utilizados para isso é o Sazonal Expandido, no qual utilizam-se doze lenços multicoloridos ou doze conjuntos de lenços coloridos junto ao rosto da pessoa, para verificar qual deles harmoniza mais.

Esses lenços ou conjuntos são divididos em grupos de três e nomeados pelas estações do ano (Primavera, Verão, Outono e Inverno) variando de acordo com a luminosidade, profundidade ou intensidade das cores.

Para cada estação temos três cartelas de cores, totalizando doze cartelas de coloração pessoal.

A principal parte do corpo afetada pelo uso de uma determinada cor é o rosto, pois ele recebe o reflexo direto das cores utilizadas no colo, fazendo com que fique iluminado e radiante ou o contrário disso.

E o pretinho básico, onde fica?

Há cartelas que não possuem preto, como por exemplo a cartela Outono Suave, e o fato dessa cor não estar presente na cartela não impede a sua utilização nas combinações de roupas e acessórios.

Uma vez que a pessoa gosta de preto e o utiliza com frequência, ainda que ele não esteja na cartela de coloração pessoal, cabe à consultora de imagem apresentar alternativas para que seu uso traga benefícios à imagem pessoal e não o banir do guarda-roupas.

Se uma pessoa deseja utilizar um vestido preto ou uma blusa nessa cor, a dica é fazer uso de acessórios nas cores da cartela, como por exemplo, colares, echarpes ou maquiagem.

Também é possível que o preto seja utilizado nas peças que ficarão longe do rosto, como calças, saias, calçados ou bolsas.

Afirmar que alguém não deve ou não pode usar preto pode causar constrangimento e limitar as escolhas dessa pessoa.

A Consultoria de Imagem tem por objetivo ampliar os horizontes, ensinar novas formas de uso das roupas e acessórios e elevar a autoestima da pessoa, fazendo com que ela transmita uma imagem segura e confiante.

É fundamental conhecer a cartela de cores, mas sustentar afirmações que limitem as opções e que tragam desconforto estarão, com absoluta certeza, contrariando os princípios que norteiam a profissão da Consultoria de Imagem.

Acesse outras matérias de minha autoria, clique aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here