Covid-19 e a Superdotação: o que fazer durante o isolamento?

0
9987
Altas Habilidades - Superdotação
Covid–19 e as Altas Habilidades - Superdotação

Ao lidar com o Covid-19, em plena pandemia, o que fazer em casa?

O Covid-19 fez com que muitas pessoas no mundo ficassem isoladas. Mas ao olhar o lado positivo, muitas famílias estão mais próximas dos filhos para poder até mesmo conhecê-los melhor!

No caso de professores e famílias que precisam lidar com altas habilidades/superdotação (AH/SD), recomendo que leiam mais e aprofundem o seu conhecimento sobre as necessidades educacionais especiais das crianças superdotadas, bem como suas possíveis dificuldades sociais e emocionais.

Superdotados e Talentosos
Superdotados e Talentosos Educação, Emoção, Criatividade e Potencialidades

Para isto, indico o livro “Superdotados e Talentosos: Educação, Emoção, Criatividade e Potencialidades” de 2020, publicado recentemente. Neste livro, há informações importantes sobre a educação de superdotados, formas de como lidar com o seu desenvolvimento socioemocional e também com a sua criatividade.

Se para os adultos (professores e famílias) de crianças com altas habilidades/superdotação (AH/SD) é muito difícil estar em isolamento sem ter muito o que fazer, imagine para os superdotados o que isto pode significar!

Estudantes com altas habilidades/superdotação (AH/SD) estão sempre em busca de desafios e de atividades que vão ao encontro de sua (s) área (s) de interesse.

Estes estudantes podem estar vivenciando um momento muito difícil por muitas vezes apresentar ansiedade aguçada e sensibilidade exarcebada, principalmente em situações como nesta pandemia, podem se sentir entediados e aflitos.

É essencial lidar com os sentimentos e emoções de superdotados, principalmente nesta época de isolamento para que eles não se sintam sozinhos. Recomendo muitos diálogos no âmbito familiar e muitas interações em diversos momentos.

A família como principal mediadora neste contexto, deve estar unida, buscando o bem-estar de todos em um ambiente de harmonia e equilíbrio. Somente assim, haverá a interligação entre mente, corpo e espírito que são os 3 pilares do desenvolvimento humano.

Conheça melhor o mundo da criança com altas habilidades/superdotação (AH/SD), leia mais e tente ficar mais próximo criando um ambiente harmonioso e estimulador da criatividade. Com a leitura, é possível colocar em prática o conhecimento adquirido.

Após realizar leituras e conhecer mais sobre a área de altas habilidades/superdotação (AH/SD), tente observar mais as habilidades das crianças. Por exemplo, se o interesse delas é aprender novas palavras e ampliar o seu vocabulário, provavelmente sua habilidade está vinculada à área da linguística.

Professores, famílias, o que fazer para estimular a criatividade dos superdotados?

Por exemplo, quanto à habilidade na área da linguística, é possível propor jogos interessantes e divertidos que estimulem a oralidade, como:

  • Palavra secreta (utilizando o raciocínio para decifrar os códigos);
  • Investigação (desenvolvendo atenção plena das crianças);
  • Dixit – Galápagos (os jogadores assumem o papel do contador de histórias),
  • Entre outras atividades que despertem a curiosidade e interesse das crianças.

Para ocupar o seu tempo com os seus filhos de forma divertida recomendo também os podcasts (arquivos digitais de áudio) que são uma maneira fácil de envolver as crianças em tópicos interessantes sempre que você precisar. Eles também podem estimular uma boa conversa em diversos momentos! (Davidson Institute, 2020).

  • Cada episódio do Clube do Livro para Crianças (https://www.bookclubforkids.org/) oferece a um grupo diferente de crianças a oportunidade de discutir sobre um livro. Cada episódio também apresenta um leitor de celebridades e uma entrevista com o autor do livro (de 9 a 14 anos).
  • Mitos e lendas (https://www.mythpodcast.com/) fala sobre como o folclore moldou o mundo. Há histórias de reis, vikings, dragões, bruxos e muito mais!
  • O podcast sobre “A história do mundo em 100 objetos” (https://www.bbc.co.uk/programmes/b00nrtd2/episodes/downloads) é apresentado pelo diretor do Museu Britânico, Neil MacGregor, que narra 100 programas que recontam a história da humanidade através dos objetos que criamos.
  • Brains On (https://www.brainson.org/) é para famílias curiosas. A cada semana, uma criança diferente se junta a Molly Bloom para encontrar respostas para perguntas fascinantes sobre o mundo. A missão é incentivar a curiosidade natural e a admiração das crianças usando a ciência e a história.

Para assessoramento e adquirir meus livros, entre em contato!

https://www.educacaodesuperdotados.com/ (Seja um seguidor de meu Blog!).

Referências:
  • Davidson Institute. (2020). Resource Support for Families During COVID19 https://www.davidsongifted.org/young-scholars/resource-support-for-families-during-covid19
  • Piske, F. H. R., Stoltz, T., Guérios, E., Camargo, D., Rocha, A. & Costa-Lobo, C. (Eds.). (2020). Superdotados e Talentosos: Educação, Emoção, Criatividade e Potencialidades.Curitiba, Juruá.
  • Piske, F. H. R., Stoltz, T., Rocha, A. & Costa-Lobo, C. (Eds.). (2020). Socio-Emotional Development and Creativity of Gifted Students.Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra.
  • Piske, F. H. R. & Kane, M. (2020). Socio-emotional development of gifted students: educational implications. In F. H . R. Piske, T. Stoltz, E. Guérios, D. Camargo, A. Rocha, C. Costa-Lobo (Eds.). Superdotados e Talentosos: Educação, Emoção, Criatividade e Potencialidades.Curitiba, Juruá.
  • Piske, F. H. R. & Stoltz, T. (2020).Altas Habilidades/Superdotação (AH/SD) e Criatividade: Contribuições do Sociointeracionismo de Vygotsky e da Pedagogia Waldorf de Rudolf Steiner. Curitiba, Juruá.

Clique aqui e acesse, curta e compartilhe minhas outras matérias

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here