Era digital na advocacia: como aprimorar e aumentar os lucros

0
1615
Era digital na advocacia
Era digital na advocacia - como aprimorar e aumentar os lucros

Advocacia informatizada: aprimoramento dos serviços e obtenção de maior lucro ou marketing?

Era digital na advocacia consiste em uma tendência rumo ao desenvolvimento do seu negócio, todavia as benesses dependem do conhecimento de cada ferramenta que pode ser utilizada.

Observada a informatização por muitos causídicos como empecilho ao crescimento do seu escritório, o cenário mostra o contrário. Rapidez, automaticidade, praticidade, produtividade, e eficiência, e significativa redução de custos, são alguns dos elementos trazidos por esta nova era.

Assim como o Poder Judiciário que, a exemplo, converteu, e ainda o faz, processos físicos em digitais, e promove audiências online, otimizando a cadeia processual, será natural a adesão da inteligência artificial no negócio/serviço, sob pena de exclusão deste.

Convém frisar que a pandemia levou a população brasileira a perceber a necessidade de efetiva adesão ao mundo digital, tanto em nível familiar, quanto empresarial e mercadológico.

Verificou-se, do mesmo modo, que a obtenção de maior lucratividade que envolve não apenas o resultado gerado, e sim a gestão administrativa, financeira e empresarial.

A contagem de um prazo, a confecção de uma peça para casos similares, a confecção de relatório de processos para clientes ou lista de credores e devedores passa a ser simultâneo, e se desejar, promove o envio ao mesmo tempo aos clientes.

Essa revolução gerencia seu tempo, garantindo concentração em tarefas que exigem mais atenção.

A elaboração de procuração, contrato de honorários ou de outras naturezas serão aprimoradas. Basta criar os modelos dos documentos, e gerá-los quando necessário, eles imediatamente serão preenchidos com as informações já cadastradas em seus registros.

Por que não ter o controle entradas e saídas de valores do seu negocio vinculadas aos setores jurídicos de forma eficiente e estruturada?!

Diga-se, ademais, que ao invés de contratar um funcionário para exercer a gestão do negócio, ou mesmo o causídico ter que parar o labor para essa questão, o programa entregará indicadores precisos a qualquer momento, seja em filtros ou relatórios acerca das questões que merecem maior atenção.

Atualmente existe uma série de programas e softwares que oferecem estes e outros serviços, porém necessário observar com parcimônia antes de adquirir.

Um programa de custos irrisórios pode parecer atrativo, porém em longo prazo ensejará dor de cabeça.

Se inexistir um bom atendimento, tanto a nível presencial quanto remoto, ou não contar com constantes atualizações, a plataforma se tornará ultrapassada, defasada, acarretando a necessidade de mudança para outro sistema tendo um enorme custo financeiro e operacional para tal mudança, perdendo qualidade nos controles e nos atendimentos dentre outras consequências.

Um programa realmente seguro deve possuir conformidade com os padrões nacionais e internacionais de segurança de informação, para incluí-las e mantê-las, bem como armazenar documentos, fornecendo a tranquilidade e facilidade de acessá-los em qualquer equipamento eletrônico fora de seu escritório.

Além das virtudes já enumeradas, incidirá a redução de custos, pois, além de não precisar contratar mais funcionários, desnecessário haver a compra de papeis para armazenagem e controle de informações, cartuchos para impressão, além de redução de espaço de arquivos.

Escolhendo o melhor software, vinculando aos benefícios e automação para o seu negócio, haverá o aumento significativo de demandas e a satisfação dos seus clientes. Trata-se de uma via de mão dupla.

O negócio jurídico, e por consequência, o advogado, transforma-se em empreendedor.

Mensura-se o negócio jurídico, via software, dando ao advogado visão ampla, embasamento prático, e retorno sobre os resultados, permitindo a impetração de novas alternativas em prol do crescimento deste.

Necessário não encarar as mudanças como algo ruim e repleto de obstáculos, mas sim como alternativa ao aprimoramento no mercado competitivo, mediante gestão eficaz.

Inegável que a tecnologia colabora decisivamente com o profissional liberal, mais do que isso, a escolha do software é propulsor para o crescimento do negócio jurídico, aumento significativo de renda, e expansão a nível tecnológico, territorial, a sentido de eficiência laboral.

Um método promissor que enfatiza ainda mais o escritório de advocacia ou empreendedor individual.

Observação: Matéria elaborada com apoio João Barbo de Lima, tecnologia da informação e consultor de gestão jurídica da Thomson Reuters.

Clique aqui e acesse, curta e compartilhe minhas outras matérias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui