Falar em público – um medo que pode e deve ser combatido

0
31
Medo de Falar em Público

É muito comum o medo de falar em público, mas todos nós já passamos por esta situação e ainda vamos falar muitas e muitas vezes em ambiente social ou profissional.

Talvez não tenhamos falado para um auditório lotado, mas já expusemos ideias e informações em reuniões, em festas, em sala de aula e para públicos diversos, certo? O que muda a nossa autoconfiança na hora de falar?

Esse medo normalmente tem origem em alguma experiência ruim do passado ou no fato de que ao se expor, a pessoa tem medo de ser ridicularizada ou tenta imaginar o que os outros pensarão a seu respeito. Alguns também temem o público ter conhecimento maior do que o expositor.

É comum tentarmos nos antecipar ao pensamento do outro e automaticamente reforçarmos o medo.

Aqui seguem dicas para que você melhore a sua performance e combata o medo paralisante.

A primeira e mais óbvia dica é: esteja muito bem preparado com seu conteúdo e recursos que vai precisar. Isso por si só já melhorará a sua autoconfiança e a probabilidade de sucesso no seu intento.

A segunda dica é focar no assunto e objetivo da exposição. Trocar a pergunta: “O que será que eles estão achando?” por “O que eu vim dizer”.
De forma simples, isso quer dizer que devemos deixar a avaliação da nossa performance para outro momento que não aquele, diante do público.

A terceira dica é saber exatamente como você vai abrir a sua exposição, como será o início: se você vai se apresentar, dizer como se sente, contar alguma história e etc..

Um bom começo já oferece segurança para os próximos passos.

Outra forma de melhorar a sua confiança é focar o seu olhar, inicialmente, em quem oferece segurança. Podem ser pessoas que você conhece, que gostam de você ou simplesmente que lhe pareçam agradáveis, que sorriem ou têm expressão amigável.

Essa dica é extremamente simples, mas pode mudar completamente o seu estado. Muitas vezes olhamos justamente para quem é mais importante ou nos parece oferecer mais risco e isso já pode abalar a confiança.

Para aqueles que já tiveram uma experiência ruim anteriormente a dica é relembrar essa experiência apagando o que não foi eficaz, associando a coragem de outro momento ou até mesmo refazendo para um final positivo para que sua mente não fique presa em algo que simplesmente já terminou e jamais ocorrerá novamente.

Outra sugestão simples e eficaz é treinar: expor para o espelho ou simplesmente dentro da sua mente, mas montando um cenário, uma imagem onde tudo dá certo, onde você realiza a sua melhor performance.

Lembre-se que você só pode atuar no que depende de você.

  • Depende de você estar preparado, ter um bom conteúdo, saber onde quer chegar.
  • Depende de você acreditar e estar motivado, entusiasmado com a sua própria fala.
  • Depende de você se preparar, respirar e agir.

Não perca tempo tentando imaginar o que cada um está pensando pois você jamais chegará a uma resposta precisa, a menos que pergunte.

Discursar pode ser vital para alcançarmos a vida que queremos, os parceiros que precisamos ou os relacionamentos que almejamos então não se prive do desafio e não brigue com o medo.

Combata o medo paralisante, mas você pode e deve ter um medo que lhe coloque alerta; em estado de energia propício para que você fale da melhor forma e preste atenção na sua plateia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here