Joy, um filme para inspirar o público empreendedor.

0
102
Joy - O Nome do Sucesso

Olá, sou Alessandra Batista, e se você está lendo o meu artigo pela primeira vez, eu te convido a ficar comigo até o fim deste texto, pois a última dica que vou dar, tenho certeza que vai fazer você pensar antes de desistir de algum sonho.

Você que é Mulher Empreendedora, ou pensa em começar a empreender, já sabe que o público feminino está aos poucos, dominando o mercado.

E é de se admirar ainda mais as empreendedoras que tiveram motivos e obstáculos de sobra para desistir e perseveraram.

Trata-se de um caminho árduo quando se inicia uma carreira solo, motivo este que faz algumas repensarem se realmente é isso que elas almejam para o seu futuro; mas conhecemos varias histórias inspiradoras de mulheres no mundo do empreendedorismo e dos negócios que começaram do Zero e hoje são reconhecidas pela sua determinação.

Mas percebo que nem todas têm a mesma garra e força para continuar; portanto diante deste cenário gostaria de dar algumas dicas para te motivar, inspirar e desenvolver o senso de analise que existe dentro de você.

Acredite em si mesma, pois se você não acredita, ninguém mais vai acreditar, veja o seu potencial e de seu negócio, descubra quais são suas habilidades e competências e de que forma transformar em algo lucrativo e prazeroso em sua vida.

  • Não tenha medo de errar, quando erramos aprendemos e crescemos com esta experiência vivenciada.
  • Seja otimista, pois se você é aquele tipo de pessoa que desiste logo no primeiro problema que surge com certeza não conseguirá chegar a lugar nenhum. Veja por um outro ângulo e encare este erro como um aprendizado.
Antes de desistir do seu negócio veja alguns casos de sucesso que tiveram um início bastante nebuloso pois estou certa que irá te inspirar!

A última dica que eu tenho para te dar hoje, é a de um filme chamado Joy – O Nome do Sucesso.

Joy” é um daqueles filmes que fazem com que você sinta coragem de batalhar pelos seus sonhos, custe o que custar. Portanto separei aqui algumas das lições que o filme nos ensinou sobre empreendedorismo.

  1. Comece por onde você conhece, pois nem sempre o conceito do novo trata grandes resultados
  2. Não use atalhos, sabemos que muitos empreendedores já passaram, ou irão passar, por situações em que têm que fazer aquela escolha crucial: ser honesto com alguém que não fez o mesmo com você ou aproveitar a situação para tirar vantagem?
O caminho será mais longo, claro; mas no final com certeza sentira orgulho de si próprio.
  1. Planeje: isso faz toda a diferença. Planejar pode não ser a parte mais legal do negócio, mas, com certeza, é uma das mais importantes.
  2. Persevere
  3. Ninguém vende seu negócio tão bem quanto você, por isso que saber com experiência de causa ou quando vivemos esta trajetória faz a diferença entre o sucesso e o fracasso.
  4. Você não precisa entrar nessa experiência sozinho. Essa rede de apoio pode ser formada pelo 5% da média de amigos que sempre acreditaram no seu potencial, pela sua família, por aquela pessoa que te incentivou a seguir em frente quando nada parecia dar certo.

“Você já deve ter ouvido falar que você é ou você será a média daqueles que fazem parte do seu convívio, afinal o ambiente em que vivemos afeta o que somos.

O conjunto de características do grupo em que estamos inseridos influencia na maneira em que nos comportamos como seres humanos.

Vale muito a pena receber o aconselhamento de mentores e consultores que podem orientar você a fazer a escolha certa ou te ajudar quando você estiver em apuros.

  1. Ultrapasse suas barreiras, tirar a ideia do papel é uma tarefa difícil, mas não impossível.
  2. A mulher de sucesso ela deixa um legado, olhar para trás e ver o quanto você batalhou e o quanto inspirou pessoas te dará força para seguir em frente.

O importante é você saber que muitos já passaram por diversas provações, ou até mesmo se depararam com altos e baixos antes de conquistar o sucesso.

Mas, se tantos já conseguiram prosperar mesmo quando parecia que tudo seguia para um caminho errado, e as condições te empurravam para o precipício, e mesmo assim não desistiram de tentar dia após dia.

Então por que não tentar, não é mesmo?

Espero ter ajudado você e peço que deixe seu comentário; a sua opinião é muito importante!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here