O pensamento positivo pode curar muitas dores

0
64

Saiba o que suas dores dizem a partir do seu pensamento e comportamento.

Nossos pensamentos afetam nosso corpo físico e podem desencadear doenças. O contrário também é verdadeiro. O pensamento positivo pode curar.

Abaixo alguns exemplos de dores e suas causas:

Dor no Pé – Falta de fidelidade, estabilidade ou segurança nas nossas atitudes habituais, nas posições que sustentamos ou que adotamos.

Dor no Joelho – Temos dificuldade para ceder, para aceitar uma certa experiência vivida.

Dor no Cotovelo – Temos dificuldade para aceitar uma experiência vivida, uma situação.

Dor no Pulso – Fala das nossas tensões, da nossa falta de flexibilidade, falta segurança, solidez na nossa relação com a ação, no que nós fazemos.

Dor na Panturrilha – Dificuldade para aceitar as mudanças de vida motivadas por fatores externos

Dor no Tornozelo – Falta estabilidade ou flexibilidade nas relações.

Essas dores demonstram que atravessamos uma fase na qual as nossas posições, os nossos critérios quanto a vida, a maneira como nós nos “colocamos” em relação ao outro não nos convém, não nos satisfaz mais e encontramos dificuldade para mudá-las, para “agir”.

Há falta de flexibilidade ou de desenvoltura, de estabilidade ou de “realismo” nessas posições. Nós nos obrigamos então a fazer uma parada pois não podemos mais continuar, avançar nessa direção.

Dor no Braço – É a manifestação da dificuldade para agir. Fracasso pessoal, impossibilidade de realizar alguma coisa profissionalmente ou no âmbito familiar, medo em relação a ação ou suas consequências.

Dor na Coxa – As nossas memórias ou feridas inconscientes profundas vêm à tona e nos recusamos a aceitar.

Dor na Coluna Vertebral – O sofrimento está nas nossas estruturas interiores, nas nossas crenças quanto a vida. O que há de mais duro, rígido e sólido dentro de nós.

Dor de garganta – Ocorre quando não é possível comunicar as aflições.

Dor de estômago – Ele arde quando as raivas não conseguem sair.

Como podemos observar as dores estão diretamente ligadas às nossas emoções, pensamentos e crenças.

Quando conseguimos elevar nossos pensamentos, mudar nossas crenças e estar emocionalmente equilibrados, as dores e doenças não farão mais parte da nossa vida.

Há diversos tipos de curas energéticas que podem ser utilizadas para aliviar as dores. Contaremos nas próximas edições!

Identificou alguma das suas dores com pensamentos e comportamentos? Conseguiu se curar? Conta para gente!

Diga-me onde dói e eu te direi porque

Livro:

Diga-me onde dói e eu te direi porque
Autor:Michael Odoul

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here