Os grandes desafios do processo de emagrecimento

0
23
emagrecimento
Os grandes desafios do emagrecimento

Entenda como sua mente e corpo reagem

O que acontece durante o processo de emagrecimento e por que emagrecer, apesar de parecer fácil, tem se tornado algo tão desgastante e frustrante para uma parcela considerável de pessoas?

“Basta fazer atividade física que sua barriga ficará chapada”.
“É só fazer a dieta que você perderá peso”.
“Se seguir determinada dieta mais as atividades aeróbicas e a musculação, você poderá perder até 8 quilos em uma semana”.

Estes são alguns dos discursos ouvidos constantemente em todos os meios de comunicação. Se fosse fácil e prático assim não teríamos 18,9% da população brasileira sofrendo com a obesidade e 26,8% com o sobrepeso.

Muitas mulheres têm criado a ilusão da possibilidade de se livrar do peso, que levou anos para adquirir, em 30 dias, assim como há outras que se sentem tão incapazes de ter o corpo desejado que nem tentam.

Nos bastidores deste cenário existem fatores bem mais complexos e na maioria das vezes ignorados durante a busca do peso ideal: comportamental, fisiológico e emocional.

No programa de emagrecimento em que atuo, me deparo com mulheres que colecionam sentimentos de inferioridade e baixa estima por causa do peso, muitas evitam sair de casa, editam fotografias para afinar o corpo, escondem-se dos seus cônjuges e do espelho.

O que também não pode ser ignorado é a existência do processo de abstinência de determinados alimentos que aumenta o nível de ansiedade e impaciência, fazendo com que o desejo excessivo por comida triplique.

Vivemos em uma cultura onde tudo gira em torno da comida: comemorações, reuniões no trabalho, encontros entre familiares e amigos, ou seja, associamos a alimentação com momentos de harmonia e alegria.

Olhando por este ângulo fica fácil entender porque o processo de reeducação alimentar torna-se tão pesado quando não trabalhado de forma correta, afinal como eliminar, ou substituir o alívio imediato da dor, ansiedade, tédio e etc.?

Enquanto tudo isto acontece interiormente, familiares e amigos ao redor nem imaginam o tamanho do sofrimento que esta pessoa enfrenta todos os dias e muitas sentem até mesmo vergonha em expor tais sentimentos, pois a primeira coisa que ouvirá será:

É SÓ EMAGRECER!

Durante o processo de reeducação alimentar os conflitos internos, surgem na maioria das vezes através de:

  • Crença de Incapacidade – sempre pensa que não vai conseguir finalizar o processo com êxito, com isso vive começando e nunca terminando dietas. Começa a se comparar com outras mulheres colocando-se inferior a elas o tempo todo;
  • Diálogos internos – constantemente utiliza afirmações negativas que fazem com que estas mulheres se sintam prisioneiras em seu próprio corpo;
  • Comportamentos sabotadores – as rotinas das quais julga impossível abrir mão, onde o cuidado com a alimentação e atividades físicas se tornam um fardo exaustivo e sem o resultado esperado.

Então, como prazer imediato para alívio deste caos interno vem o desejo incontrolável de comer e assim que este momento de prazer acaba surge a culpa que automaticamente alimenta a crença de incapacidade e sem que você perceba passam-se meses e até anos neste ciclo vicioso em busca da dieta e atividade física que funcione.

Dieta - emagrecimento
Dieta – emagrecimento

O grande desafio a ser vencido nesta etapa está no campo da mente e a aceitação de que está de fato obesa, ou acima do peso é fundamental para que consiga vencer esta batalha.

Aceitar em nada significa se acomodar, pelo contrário, a aceitação da pessoa que se é, traz consigo uma motivação bem mais coerente e sóbria no processo da perda de peso.

Seja constante em sua reeducação alimentar e nas rotinas voltadas para as atividades físicas, procure transformar estas novas rotinas em hábitos tão automáticos como escovar os dentes.

Não existe dieta perfeita, o que existe é dieta feita.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here