Perspectivas do Agronegócio no Mercado Internacional em 2022

0
1034
Perspectivas do Agronegócio
Perspectivas do Agronegócio no Mercado Internacional em 2022

Grandes especialistas do agronegócio brasileiro vão participar de debate

Perspectivas do agronegócio no mercado internacional em 2022 é o tema da II Mesa Redonda promovida pela União Brasileira dos Agraristas Universitários – UBAU.

O agronegócio brasileiro vem ganhando cada vez mais destaque em razão da sua importância na economia, com discussões acerca dos procedimentos de importação e exportação de commodities, ampliação de mercados agrícolas e formas de investimento, inclusive com capital estrangeiro, e a pressão por práticas de ESG como diferencial de concorrência.

Entender como o agronegócio brasileiro tem atuado no âmbito internacional é de extrema importância e por isso será promovida mesa redonda sobre a temática no dia 11 de fevereiro de 2022 (sexta-feira), às 09:00 horas (fuso de Brasília), no canal do YouTube da TV Agrarista da UBAU:

https://www.youtube.com/channel/UCqJwiPZWb–r4PF7y6yipNw

O evento será mediado pela Coordenadora da UBAU Dra. Heloísa Bagatin Cardoso e contará com a participação dos seguintes palestrantes:

  • Octaciano Neto: é militante do agronegócio. Atuou como secretário de Agricultura do ES, foi presidente do Conselho de Secretários de Agricultura do Brasil e atualmente é diretor de agronegócio da EloGroup, atendendo as principais agroindústrias nacionais e multinacionais com atuação no Brasil.
  • Fernando Breda: Bacharel em Direito pela PUCPR. Mestre em Direito Econômico e Social pela PUCPR. Coordenador do Departamento de Arbitragem do Araúz & Advogados Associados. Professor do FAE Law Experience. Ex-Presidente da Câmara de Mediação e Arbitragem da Associação Comercial do Paraná (ARBITAC) (2017-2019). Membro da Comissão de Arbitragem da OAB/PR.
  • Larissa Wachholz: Executiva de negócios e relações institucionais com reconhecida expertise no mercado chinês, tendo vivido na China entre 2008 e 2013. Ao longo da carreira, Larissa Wachholz atuou nas áreas de infraestrutura, energia e agronegócio. Foi assessora especial para assuntos de China da Ministra Tereza Cristina MAPA até julho de 2021. No setor privado, trabalhou pela entrada de capital chinês da SPIC no maior complexo de térmicas a gás natural da América Latina, da empresa GNA, no Porto do Açu. Graduada em relações internacionais, é mestre em estudos contemporâneos da China pela Renmin University of China e tem passagens pela London School of Economics e pela Peking University. Larissa Wachholz é palestrante e contribui regularmente com jornais de grande circulação, mídia especializada, livros e publicações acadêmicas, além de participar ativamente de debates públicos e fechados em congressos, seminários e think tanks nacionais e estrangeiros. Por sua atuação nas áreas de comércio internacional e investimentos, foi selecionada pelo governo norte-americano para o programa International Visitor Leadership Program(IVLP) em 2017 e convidada do governo chinês para o programa de jovens sinólogos Visiting Program for Young Sinologists em 2018.
  • Bruno Leite: “Diplomata de carreira desde 2007, serviu nas Embaixadas do Brasil em Washington, Moscou e Nur-Sultan. Atualmente chefia a Divisão de Promoção do Agronegócio II (DPA II) do Ministério das Relações Exteriores.”
  • Marcos Vaena: Trade em investimento estratégico para África e América Latina com experiência em desenvolvimento de finanças, comércio e estratégia de investimento no IFC, membro do Grupo do Banco Mundial. Atualmente, é parte do time de desenvolvimento de diagnósticos e estratégias específicos de cada país para os investimentos do IFC, inclusive em países frágeis ou afetados por conflitos. Líder de equipes e projetos em vários continentes, ganhando experiência para governos, corporações multinacionais e instituições financeiras mundiais. Conhecimento em gerenciamento de projetos, investimentos due dilligence, experiência em pesquisa e desenvolvimento de negócios e da interseção entre os setores público e privado.

O evento recebe apoio do Diretório Acadêmico 28 de março e da Liga Universitária de Agraristas – LUA, Sociedade Nacional de Agricultura – SNA, Instituto de Direito Constitucional e Cidadania – IDCC, e Federação da Agricultura do Rio Grande do Sul – Farsul.

Para conhecer um pouco mais sobre a UBAU acesse o site da Associação https://www.ubau.org.br/site/ .

Também é possível acompanhar mais informações sobre a UBAU e o trabalho que está sendo desenvolvido pela comissão das mulheres agraristas no instagram @cnmaubau.

Clique aqui e acesse, curta e compartilhe minhas outras matérias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui