Ansiedade é um mal que prejudica a vida

0
1490
Ansiedade é um mal
Ansiedade é um mal que prejudica a vida

Mas afinal, o que é ansiedade?

Ansiedade é um sentimento natural do ser humano, é comum e desejável, ela nos mantém vivos e permite que nós reajamos adequadamente a situações de perigo.

O problema é quando o estado de tensão se prolonga, a preocupação, o nervosismo e o medo ficam exagerados, o que prejudica a saúde da mente e do corpo, atrapalhando o dia a dia.

Esses são alguns sintomas físicos da ansiedade:

  • Roer as unhas;
  • Agitação e balanço das pernas e/ou pés;
  • Enjoos e vômitos;
  • Tonturas e sensação de desmaio;
  • Irritabilidade;
  • Insônia;
  • Dor, aperto, palpitações no peito;
  • Falta de ar;
  • Dor de barriga ou diarreia;
  • Tensão muscular;
  • Espinhas;
  • Falta de foco;
  • Boca seca;
  • Tremedeira.

Os sintomas físicos são mais fáceis de identificar e perceber, porém são os sintomas emocionais que mais prejudicam a vida, os relacionamentos e o desenvolvimento profissional.

Esses são os sintomas emocionais mais comuns:

  • Se sentir insuficiente;
  • Achar que tudo dá errado na vida;
  • Presumir que não sabe fazer as coisas direito;
  • Ter dificuldade em pedir ajuda;
  • Pensar que está incomodando os outros;
  • Pressupor que ninguém gosta de ti;
  • Estar sempre esperando o pior das situações;
  • Viver com mania de perseguição;
  • Levar tudo para o lado pessoal;
  • Imaginar que não serve para nada;
  • Sentir-se inferior aos outros;
  • Acreditar que não merece coisas boas na vida.

Se você conseguiu perceber que tem esses sintomas, precisa agora identificar os gatilhos que fazem você se sentir assim, e para isso, é imprescindível o autoconhecimento, a autopercepção e a autoconsciência.

Tenha um tempo com você mesma, se perceba, reflita, identifique o que você está sentindo, seja bem sincera com você mesma e se faça as seguintes perguntas:

  • O que eu sinto é medo, raiva, tristeza ou inveja?
  • Por que estou sentindo isso?
  • Esse sentimento é referente a mim ou a outra pessoa?
  • Quando isso começou?
  • O que estava acontecendo na minha vida naquele momento?
  • Qual a pior coisa que pode acontecer na minha vida?
  • Quem estou agredindo tendo ansiedade?
  • Gosto de ser a vítima das situações?
  • Por que quero chamar a atenção tendo uma doença?

Veja algumas dicas do que você pode fazer para minimizar os sintomas e levar uma vida mais leve e saudável:

  • Parar de franzir a testa;
  • Soltar a língua do céu da boca;
  • Relaxar o maxilar;
  • Parar de elevar os ombros;
  • Relaxar o corpo;
  • Prestar atenção na respiração;
  • Fazer escalda pés;
  • Ouvir músicas que tragam alegria;
  • Olhar pros próprios sentimentos;
  • Se alimentar melhor;
  • Cuidar da saúde (sistema imunológico);
  • Fazer exercício físico;
  • Tomar sol;
  • Conversar sobre os sentimentos;
  • Fazer as coisas que eu gosto;
  • Me colocar em primeiro lugar;
  • Desenvolver novas habilidades;
  • Se amar do jeito que você é;
  • Melhorar como pessoa a cada dia;
  • Orar;
  • Meditar.

A maioria das causas da ansiedade vem da infância, das situações vividas, frases ouvidas, ensinamentos que foram recebidos, que viraram crenças e estão no subconsciente comandando a vida e você nem sabe.

Quer se livrar de vez desse transtorno? Busque o autoconhecimento, procure ajuda, faça terapia.

Me siga nas redes @carolfarina.oficial

Clique aqui e acesse, curta e compartilhe minhas outras matérias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui