Dezembro Verde na Campanha Contra o Abandono de Animais

0
37
Dezembro Verde

Os animais têm sentimentos, por isto abandonar estas criaturas é crime.

A campanha dezembro verde é uma tendência mundial que surgiu nos debates entre protetoras e veterinários.

O problema é que quando chega o último mês do ano com ele vêm, também, as férias escolares e as festas de final de ano.

A questão preocupante é que durante as viagens, muitas famílias abandonam seus animais de estimação.

Sem falar que em dezembro muitas pessoas presenteiam crianças com bichos vivos. Porém no ano seguinte pode ocorrer a não adaptação da família com o animal, fato que pode ocasionar um abandono irresponsável.

Antes de presentear um menor de idade com um ser vivo é preciso verificar se a família concorda com a adoção e se a casa tem a estrutura para um bicho.

Outro alerta nas festas de final de ano são os fogos barulhentos de artifício, que assustam vários seres vivos. Porém, neste ano, lançaram no mercado fogos coloridos sem sons, isto dá esperança para festas sem sustos.

A cor verde foi escolhida na campanha contra o abandono de animais porque representa a natureza, a Ecologia e a esperança.

Neste ano, em Curitiba foi aprovada, pela Câmera Municipal de Curitiba, a matéria da vereadora e protetora de animais, Fabiane Rosa, que institui o dezembro verde na cidade.

Em dezembro, cidades no mundo inteiro realizam palestras contra o abandono de animais no final do ano.

É bom lembrar que abandono de animais é crime e o infrator pode sofrer penalidades previstas em Lei de Crimes Ambientais (lei federal 9.605/1998) e na legislação municipal que pune os maus-tratos.

Atitudes que podem ser tomadas no dezembro verde:

  • Colocar água e ração em frente de casa para animais de rua;
  • Caso queira algum bichinho, o ideal é adotar e não comprar;
  • Castrar os animais que tem em casa numa clínica veterinária;
  • Comprar somente fogos sem barulho;
  • Colocar uma corrente com identificação no bicho de estimação. Nela deve existir o número de telefone do dono;
  • Se algum animal desaparecer, cadastrar o bicho em sites de animais desaparecidos.

Infelizmente, em dezembro de 2018, um cachorro comunitário que ficava em frente a um mercado foi morto por um funcionário do estabelecimento.

Este fato causou revolta no Brasil inteiro e vários clientes deixaram de frequentar o local.

Pesquisas comprovam que os estabelecimentos que oferecem água e ração, na frente de suas lojas, ganham a simpatia da população e por isto tendem a aumentar a clientela.

Lembre-se que os bichos são presentes que o Poder Superior deu ao homem para sua evolução espiritual e que o menino Jesus foi recebido com carinho por vacas, burros, cavalos e ovelhas num estábulo.

Ouvidoria do Ibama Linha Verde

0800-61-8080 Ligação gratuita de qualquer parte do Brasil
Fax: (61) 3307-1125 e-mail: linhaverde.sede@ibama.gov.br
SCEN Trecho 2 – Ed. Sede do Ibama CEP: 70818-900

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here