Dia do Queijo - 20 de janeiro

Dia do Queijo – 20 de janeiro

O laticínio mais consumido pelas empreendedoras

Dia do queijo e comemorado em 20 de janeiro, porque nessa data é o dia de São Lúcio de Cavargna, o padroeiro do queijo.

Historiadores dizem que o queijo existe há mais de 3000 anos antes de Cristo.

Reza a lenda que, na Idade Antiga, um comerciante árabe, que era beduíno do deserto, colocou, num cantil, leite de cabra para matar a sua sede.

Mas como ele andou muito, de camelo, sob o Sol escaldante, quando abriu o recipiente ele percebeu que o leite havia se dividido em duas partes: um líquido fino e esbranquiçado e uma porção sólida, o queijo.

Pois, existe uma enzima que provoca a transformação do leite para coágulos sólidos com solução aquosa que vira queijo.

Já, São Lúcio, viveu na Idade Média, foi pastor em sua infância e ótimo fabricante de queijo.

Reza a lenda que ele conversava com a Lua e ela oferecia seus próprios pedacinhos para que Lúcio transformasse em queijo para distribuir aos pobres.

Segundo algumas revistas de Ciência, as substâncias que constituem a Lua não são tão diferentes dos elementos que estão no queijo.

Astrólogos indicaram o tipo de queijo ideal para cada signo:

  • Áries: arianos são fortes e guerreiros. Por isso o queijo, Stilton, combina com esse signo. Ele é um tipo de queijo azul que era armazenado por guerreiros durante a antiguidade.
  • Touro: taurinos são apreciadores da boa mesa por natureza. O queijo caseiro, de Minas, vai bem com esse signo que é teimoso e ao mesmo tempo meigo.
  • Gêmeos: geminianos têm dupla personalidade. Por isso esse signo cai bem com o queijo, Gouda, que ao mesmo tempo que é salgado também apresenta um sabor adocicado.
  • Câncer: cancerianos são ligados à família. O queijo, Muçarela, traz boas recordações para esse signo.
  • Leão: leoninos adoram novidades. Aqui o queijo, Camembert, sempre exalta o paladar de leão.
  • Virgem: virgianos são tradicionais. Por isso o queijo, Prata, agrada qualquer um desse signo.
  • Libra: librianos são sofisticados. Assim o queijo, Brie, é o melhor para eles.
  • Escorpião: escorpianos são intensos. Então o queijo, Roquefort, é inesquecível para eles.
  • Sagitário: sagitarianos não fogem da briga. Por isso o queijo, Gorgonzola, exalta a personalidade de qualquer sagitariano porque é o queijo que os guerreiros antigos escondiam nos porões.
  • Capricórnio: capricornianos são esforçados. Assim merecem o queijo, Emmental, que é reforçado.
  • Aquário: aquarianos são curiosos. Por isso o queijo, Provolone, cai bem no paladar deles.
  • Peixes: piscianos são místicos. Assim eles curtem o queijo, Parmesão. Pois reza lenda foi criado pelos deuses antigos.

Conversei com representantes de fabricantes de queijo e chefs especializados. Dessa maneira, consegui as seguintes receitas:

1 – Pudim de Ricota com Mel:

Ingredientes:

  • 300 g de Queijo Brie Tirolez
  • 1 colher de sopa de Mel Baldoni Flor de Laranjeira
  • ¼ de xícara de açúcar demerara

Modo de Preparo:

  • Corte o Queijo Brie Tirolez em fatias de 0,5 cm de largura.
  • Com um pincel, espalhe o Mel Baldoni Flor de Laranjeira por todas as fatias.
  • Em seguida, polvilhe o açúcar demerara.
  • Com o maçarico, queime o açúcar até caramelizar e ficar crocante.
  • Se não tiver maçarico, coloque para gratinar no forno com o grill ligado.
  • Sirva imediatamente, acompanhado de torradinha.

Tempo de preparo: 15 min

Rendimento: 04 porções

2 – Queijo Nicola Com Receita do Chef Paulo Machado:

O assessor desse chef explicou:

O Nicola é um queijo brasileiro originário dos sítios do Pantanal. Pois ele surgiu na região da Nhecolândia, por isso se chama Nicola. O gado criado solto nas pastagens contribui para o seu sabor com variações – fresco, curado e defumado.

Sua forma lembra o queijo caccio-cavalo da região da Basilicata, no sul da Itália, pois, é curado pendurado, em formato de pé de cavalo. Mas hoje em dia encontram-se com formato retangular. Curado, madura pendurado por cerca de 15 dias, o que lhe confere uma “casca” semelhante à do provolone.

O chef, Paulo Machado, recomenda usar esse queijo na preparação do parmegiana ou ralar sobre gratinados, como escondidinho e arroz de forno:

“É um semicurado, como o coalho ou o de Minas, então ele carrega aquela memória afetiva de preparo de forno, com crosta. Delicioso!”

Pesquisas revelaram que o queijo é o laticínio mais consumido pelas empreendedoras. Pois existem queijos sem lactose e queijos diet.

Entre em contato para mais informações pelo Instagram: @lucianamallon

Clique aqui e acesse, curta e compartilhe minhas outras matérias

Compartilhar

Facebook
Twitter
LinkedIn
Email
Telegram
Pular para o conteúdo