Ichigo-ichie e a valorização do momento

0
106

A arte japonesa de transformar cada instante em um momento precioso.

Feliz ano novo, feliz novas histórias a serem escritas e vividas.
Feliz Ichigo-Ichie.

Este livro me apresentou esse novo vocabulário, e a partir de agora quero ter muitos momentos Ichigo-Ichie, que são aqueles momentos únicos e felizes que jamais se repetirão, mas que marcam nossa vida para sempre, são momentos inesquecíveis, mesmo que seja aquele momento de apenas parar por um segundo e escutar o barulho das ondas do mar, ou ver o florir das cerejeiras, ou um momento de compartilhar um chá com alguém.

Como na tirinha do Charlie Brown em que ele e Snoopy estão sentados conversando diante de um lago, e falam a seguinte linha:

  • Um dia vamos morrer, Snoopy.
  • Claro, Charlie Brown, mas não nos outros dias.

Ou seja, vamos aproveitar ao máximo os dias em que estamos vivos.

Eu estou num momento da minha vida, que desejo aproveitar ao máximo cada instante, e me deparei com esse lindo livro do Francesc Miralles e do Hector Garcia, onde eles nos apresentam a ideia por trás da frase Ichigo-Ichie, que nada mais é do que:

“O que estamos vivendo agora não se repetira nunca mais”

Cada momento é único, e deve ser vivido como um tesouro.

Traduz-se Ichigo–Ichie como:

Uma vez, um encontro, ou neste momento, uma oportunidade.

As escrituras budistas, usam a primeira parte da palavra Ichigo–Ichie, para se referir ao tempo que passa desde quando nascemos até nossa morte.

Os japoneses sabem apreciar esses momentos, a cerimonia do chá é prova disso, e aquele momento único compartilhado, é que torna a cerimonia tão especial.

“Deverá tratar teu anfitrião, como se o encontro só ocorresse uma única vez durante tua vida” essa é a premissa da cerimônia do chá.

Aprender mais sobre o Ichigo-Ichie, vivenciar o zazen (meditação, uma das mais populares no Japão), tudo isso nos faz nos conectar com nossa essência, e estimular a concentração, focando nas coisas mais importantes do dia a dia, sem se preocupar, a vida é efêmera, e tudo muda a todo o momento, já não há espaço para um planejamento estático. Tudo é mutável.

Ichigo-Ichie – Um momento um encontro

O livro nos da dicas importantes para vivenciar o zazen e o Ichigo–Ichie.

Algumas delas são:

  • Limite-se a sentar-se e observar o que acontece
  • Saboreie o momento como se fosse seu último suspiro
  • Evite as distrações
  • Liberte-se de tudo que é supérfluo
  • Torne-se amigo de si mesmo
  • Celebre a imperfeição
  • Pratique a compaixão
  • Desfaça-se das expectativas

Assim como o carpe diem, nos recorda da impermanência das coisas, onde nada que amamos dura para sempre, o Ichigo-Ichie nos lembra de que hoje podemos viver.

E como vivemos nossa vida, só depende de nós. Afinal só temos uma vida a ser vivida.

Se vivermos ela muito bem, só precisaremos de uma vida mesmo, ela nos será suficiente.

Ichigo-Ichie e que nosso ano seja de muitos momentos compartilhados juntos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here