Lei da Ação Inspirada, uma forma de encontrar os seus sonhos

2
24888
Lei da Ação Inspirada
Lei da Ação Inspirada

Segue a tua voz interior e deixa a vida fluir. Inspira-te e age!

Lei da ação inspirada, uma forma de encontrar os teus sonhos e livrar-te de problemas. Quando confias no teu instinto, milagres acontecem. Aceita

Vivemos num mundo racional, onde seguir o instinto parece grande loucura…

Grande parte das pessoas acredita que devemos seguir o racional, que o instinto não funciona e que tudo não passa de uma “treta” que inocentes usam para justificar a sua desgraça ou sorte.

Agora, quando ouço isto acabo por rir. Antes o pânico de não ser aceite levava-me a esconder a minha essência.

Hoje não quero saber se me apelidam de bruxa ou louca, porque sei que estou alinhada com o Universo e a minha vida tem fluido.

Não sei qual a tua posição em relação ao uso do instinto ou do sexto sentido… Nem é importante para aquilo que falarei hoje.

Hoje vou trazer-te uma das leis mais maravilhosas que muitos de nós já a usou em algum momento da nossa vida, mas nem se deu conta.

Aquela lei que te faz questionar o motivo de estares nesse lugar e como podes ter chegado ali.

Lei da Ação inspirada. Não, não estou a falar de uma ação programada, algo que tu pensas e estudas e depois fazes.

Estou a falar-te de algo muito mais “gigante” do que isso.

Aqui deixo-te 3 razões:

  1. Nesta lei, tens de confiar, ou seja, ter fé;
  2. Não te podes questionar como conseguirás o que desejas;
  3. O teu instinto vai levar-te ao momento certo, pessoas certas e situações que te irão possibilitar realizar sonhos ou livrar-te de trabalhos.

Eu gosto de usar o exemplo do 11 de setembro, quando foram abatidas as torres gêmeas.

Ação inspirada é quando algo acontece que não é habitual e te leva a livrar-te de um acidente ou chegar onde desejas.

Vejamos alguns exemplos:

  • 11 de setembro – Ataque às Torres Gêmeas;
  • Michael Jackson adormeceu e faltou a uma reunião programada nesse dia no local da tragédia;
  • Gwyneth Paltrow salvou a vida de Lara Lundstrom Clark estava a caminho do emprego, no 77º andar da Torre Sul do World Trade Center e, quando viu a atriz, parou para a abordar e acabou por se atrasar e perder o comboio.

Como estes, muitos tiveram a sua vida salva por uma ação inspirando: o sapato que magoava; era o seu dia de comprar os donuts para os colegas; sujou a camisa e teve de voltar a casa para a trocar.

Para eles, o ter acontecido esses atrasos, no momento foi o pior da vida. Quando viram do que se livraram, agradeceram a sorte.

Muitas vezes reclamamos algo estar a acontecer. Esquecemos que na lei da ação inspirada, às vezes o nosso instinto protege-nos e livra-nos de alguns problemas.

Ou mostra-nos o caminho…

Agora dando-te um exemplo na minha vida.

Entrei para esta revista e ainda estou para adivinhar como. O Universo, através da lei da ação inspirada levou-me a aceitar e abraçar esta proposta. Agradeço diariamente isso.

Hoje sei que a revista veio trazer 2 coisas maravilhosas e nada pode pagar:

1. Pessoas fantásticas que se revelaram maravilhosas e muito humanas.
2. A possibilidade de levar a mais pessoas esta felicidade de ter a vida a fluir.

Uma ação inspirada levou-me a estar aqui e escrever-te estas linhas.

Talvez estejas num momento de mudança.
Talvez não saibas que decisão tomar.
Talvez te tenha acontecido algo que pode parecer péssimo.

Confia, aceita e aprende com cada momento, cada coisa e cada pessoa.

A lei da ação inspirada nada mais é do que seguir o instinto, aquela vozinha que te diz que tens de fazer algo, que tens de parar, respirar para depois avançar.

Praticar a lei da ação inspirada significa:

• desacelerar;
• ficar quieto;
• criar espaço para acontecer uma orientação interna.

Sentes-te preparada para na praticar?

Já a viveste de alguma forma?

O que diz no teu instinto?

Deixa nos comentários as tuas ideias.

Clique aqui e acesse, curta e compartilhe minhas outras matérias

2 COMENTÁRIOS

  1. Muito interessante esta lei da ação inspirada a partir do aquietar a mente. Estes momentos de encontro com nós mesmos revigoram e abrem portais. E como deixamos de lado, infelizmente, essa sabedoria. Gostei do artigo. Obrigada

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui