luta de óleo turca – um dos esportes mais antigos do mundo

Luta de óleo turca – um dos esportes mais antigos do mundo

Yağlı güreş, “luta de azeite” ou “luta de gordura”, também conhecida por luta turca

Luta de óleo turca ocorre entre dois combatentes cobertos de óleo, inclusive dentro das calças, conhecidos como “Pehlivan” (lutadores), e é realizada em um campo de grama quadrado sem tamanho padrão.

Localmente chamada Yağlı güreş, esse é o esporte nacional da Turquia e é um dos mais antigos do mundo continuamente realizado (desde 1361).

O azeite tem várias finalidades. Além de dificultar o controle do oponente, é usado para espantar insetos e impedir o contato da pele com a grama.

Os lutadores, vestem os ‘’kisbets’’, que são calções de couro que vão até os joelhos e são feitos de pele de búfalo ou de vitela (bezerro), muito pesadas chegam a pesar 13kg.

Não somente o lutador, mas outros lutadores e pessoas aleatórias podem ajudá-lo a lubrificar-se, jogando azeite. Os lutadores têm o direito de colocar mais óleo durante o combate e pausar o combate se precisarem limpar o rosto, mas somente se o adversário estiver de acordo.

Antes de vestir o kisbets, o lutador deve fazer uma oração, beijá-lo e levá-lo a testa por três vezes. Durante a competição, grupos musicais tocam canções tradicionais que animam e criam um ambiente

O vencedor será aquele que erguer o oponente, segurando pelo kisbet, mantendo a cabeça em baixo e as pernas em cima durante alguns segundos.

Luta de óleo turca
Luta de óleo turca

Originalmente, as lutas não tinham um tempo de duração, podendo durar dias, até que um pehlivan conseguisse vencer ou desistir exausto.

Em 1975, foi estipulada uma duração máxima de 40 minutos, com uma prorrogação de 15min.

Recentemente foi implantado um sistema de pontuação:

  • Deixar o oponente de joelhos e agarrá-lo pelas costas são 2 pontos – sair dessa situação de submissão, 1.
  • Conseguir passar da posição de defesa para o ataque rende 2 pontos.

Existem várias competições no país, mas o torneio de Kirkpinar, em Edirne, cidade que faz fronteira com Bulgária e Grécia, é considerado pela UNESCO como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade!

Pode parecer estranho para quem nunca viu, mas o Yağlı Güreş é um esporte incrível e cheio de cultura e história, assim como toda a Turquia.

Se vier a Turquia, vale a pena assistir mas deve saber que esse festival ocorre normalmente no início do mês de julho, portanto, prepare a mala e venha conhecer.

Clique aqui e acesse, curta e compartilhe minhas outras matérias.

Compartilhar

Facebook
Twitter
LinkedIn
Email
Telegram
Pular para o conteúdo