Mulher, você está preparada para o amor?

2
456
Você está preparada

O Dia dos Namorados está chegando. E vale pensar: Será que dá para viver uma história de amor única e inesquecível se você ainda não aprendeu a viver a sua própria história?

Mulher amada, você está mesmo preparada para o amor? Não vale responder que sim sem ao menos prestar atenção em alguns pontos importantes para a sua reflexão.

E para isso concentre-se nesses questionamentos a seguir:

  • Você se acha uma mulher interessante?
  • Sabe ter vida própria e se colocar em primeiro lugar?
  • Tem feito boas escolhas ou simplesmente embarca no que aparece?
  • Sabe ser exigente na medida certa?

Tem muita mulher que quer, imensamente, viver uma história de amor, mas não prepara a sua própria casa, a sua morada, o seu ser. Um coração bem cuidado é que atrai outro numa mesma frequência de vibração.

Não dá para querer viver uma história de amor única e inesquecível se você ainda não aprendeu a viver a melhor de todas as histórias: a sua própria! Uma mulher preparada para o amor é aquela que cuida de si.

Ela tem história, sabe o que quer, não se destrói porque algum romance não deu certo.

Essa mulher se entristece sim, quando algo que ela queria muito não deu certo, tipo: aquele homem bonito e simpático que parecia que ia render um compromisso, mas que simplesmente desaparece, ou por estar há tanto tempo sozinha e na verdade gostaria mesmo é de estar acompanhada.

A mulher preparada para o amor pode ser você daqui há algum tempo: menos afoita, mais paciente, menos queixosa. Aquela que percebe sinais, que não deixa que a carência passe a frente e aceite qualquer coisa. Afinal, quem tem amor próprio sabe se preservar.

Contudo, infelizmente, tenho percebido o desespero de um número considerável de mulheres que têm assumido uma posição rastejante na vida dos homens. É como se elas não tivessem valor algum. Ele, apenas ele, aquele bendito homem é que tudo pode, tudo faz!

Mulher, assuma o seu valor! Que medo é esse de ficar sozinha? Esse sentimento de desamparo precisa ser identificado e transformado. Afinal, não há nesse mundo, homem algum capaz de te oferecer segurança se esse sentimento já não existir dentro de você.

E se esse desespero todo surge em toda história de romance que acontece na sua vida, com certeza tem algo errado: afinal, as pessoas são diferentes, as histórias deveriam ser diferentes, e se não está sendo, se você muda de romance, muda de namorado, e os problemas são os mesmos, tem alguma coisa errada com você. Isso mesmo: com você!

Com toda a certeza tem repetido um mesmo padrão de comportamentos, uma mesma sequência de ações, e os sentimentos que têm nutrido em seu coração são os mesmos.

Você quer segurança, mas o que tem alimentado é o medo; precisa de amor, mas nutre o desespero. Fica sem atitude e acaba não manifestando a sua vontade própria. Não demonstra com firmeza, mas também tranquilidade e harmonia, tudo aquilo que realmente pretende. Ofende-se fácil! Mas não cuida para evitar distância de quem não a faz bem.

Quando sabemos exatamente quem somos nós, essa história de ficar ofendido não cola. Sabe por que? Tudo aquilo que o outro fala, por mais difícil que seja, se eu reconheço, eu acolho. Se não entendo como sendo uma verdade para mim ou sobre mim, descarto.

Ah! Mas tem muita mulher desolada, sentindo-se enganada, por aí! E quem é o todo poderoso capaz de fazer isso? Será mesmo apenas um homem de carne e osso?

Que promessas são essas que te fizeram e não cumpriram? Fizeram mesmo? Vocês estavam mesmo juntos? Porque pode parecer estranho mas tem muita mulher que jura que está namorando e o homem diz que estavam apenas se conhecendo.

Ele queria te conhecer e você já estava sonhando em entrar na igreja de véu e grinalda.

E essa história que muita mulher diz que “tenho que fisgar ele e depois coloco do meu jeito! ” Como assim? As pessoas são como são! Ninguém muda porque você quer que seja assim ou assado. Só mudamos quando queremos, e mesmo assim não costuma ser nada fácil.

Estar preparada para o amor é estar preparada para viver absolutamente só. Quando você der conta de ser uma ótima companhia para você mesma, rir das suas trapalhadas, entender que você é humana, falha, mas que é muito mais legal que qualquer vacilo, você vai entender que está pronta para o amor.

Vai olhar o mundo com menos expectativa, procurar menos perfeição, estar mais disposta a construir do que encontrar pronto. Você também não vai mais ficar lutando para aquilo que não for seu permanecer. Esperar pode não ser bom, mas também não vai mais te tirar do sério, fazer com que tenha vontade de arrancar os cabelos da cabeça!

Mulher, amada! Você é de carne e osso. E quanto mais você entender a necessidade de ser verdadeira e cuidar muito bem das suas emoções, melhor e mais rápido vai ser para se dar bem com os assuntos do coração.

Estar pronta para o amor exige antes, uma transformação pessoal. Uma descoberta de que pessoa é essa que mora em você, e que por sua vez, você ainda desconhece.

Faça a pazes com você mesma! Harmonize-se! Envolva-se da sua beleza natural, da sua essência. Faça o seu resgate. Entre no seu eixo! Se você ainda está vacilando demais, as dúvidas são muitas, não consegue achar um caminho já que as escolhas são várias ou se, ao contrário, não percebe saída alguma, peça socorro!

Não é o amor que não bate à sua porta. É você que não está com a casa pronta para ele morar!

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here