5 Razões para uma Marca Pessoal Poderosa

0
108
Marca pessoal

Se gerenciar uma marca pessoal poderosa e visível é algo que nunca passou por sua cabeça, você pode estar perdendo oportunidades em vários aspectos da vida profissional e pessoal.

A marca pessoal tornou-se uma força motora para quem procura expandir seus negócios, obter um emprego melhor, elevar o nível de carreira, ser reconhecido como referência, obter destaque na imprensa ou ampliar seu networking.

Muita gente acha que este é um termo da moda, mas é um ledo engano. O escritor Napoleon Hill, em seu livro “Quem pensa enriquece”, já pincelava os contornos e o valor de olhar para sua marca pessoal como uma obra única e valiosa.Isso tudo em 1997.

Resumidamente, aliás, bem resumidamente, estamos falando da prática das pessoas que divulgam a si próprios e/ou suas carreiras como marcas – um processo contínuo de estabelecer uma imagem ou impressão na mente das pessoas.

Todo mundo tem uma marca pessoal única, seja ela conhecida ou não. Quer goste ou não, quer acredite ou não, cuidar deste ativo humano é fundamental para alcançar o sucesso em carreiras ou negócios.

O fato é que devemos tornar a marca pessoal em um ativo poderoso, atraente e visível. Esta façanha está longe de ser traduzida em exposição exagerada, em especial nas redes sociais.

É algo mais sutil, pois sob o ponto de vista holístico do ser humano identifica características únicas, e que podem ser vistas como diferenciadas.

Ainda com toda a teoria e palavras bonitas que são utilizadas para descrever a marca pessoal e contextualizar seu significado, inevitavelmente surge a pergunta: “Por que preciso de uma marca pessoal poderosa?”

Recentemente, assessorei uma executiva com carreira sólida desenvolvida em multinacionais, e que está se movimentando para atuar como coach.

Ela me confidenciou que tem receio (este foi o termo bonitinho para descreve “vergonha”) de se expor e, o mais impactante, de ser altamente criticada.

Usei uma frase do próprio Napoleon Hill para desmistificar e diminuir seu receio (porque vamos combinar, não seria uma única frase que mudaria totalmente o comportamento cristalizado de uma pessoa):

“A vida é curta demais; e temos muita coisa útil a realizar; de maneira que não se justifica a nossa preocupação em responder na altura a todas as coisas desagradáveis que ouvimos”. Napoleon Hill

Depois continuei com as cinco principais razões pelas quais o sucesso profissional depende do poder construir e consolidar uma poderosa marca pessoal, as quais divido com você agora:

1. A oportunidade de ser encontrada

Quando sua marca pessoal é verdadeira, atraente, convincente e visível, clientes, fornecedores, parceiros e seguidores chegarão até você.

Esta sintonia não acontece do dia para a noite, mas de fato chega o momento no qual a força da sua marca pessoal influencia a credibilidade que as pessoas depositam em você, seja para contratá-lo com empregado, propor uma sociedade ou comprar seu produto ou serviço.

2. A chance de expandir sua rede online.

Quando você tem uma marca pessoal convincente, e que, em especial, faça as pessoas se sentirem bem e confortáveis, muita gente desejará se conectar a você nas diversas plataformas online disponíveis, seja em seus perfis nas redes sociais ou em algum blog que participe.

Isso não é mágica, nem tão pouco algo novo. Remota aos primórdios da vida em sociedade e da essência do ser humano em querer seguir ou imitar aquilo que admira.

3. A mágica de ampliar o poder do networking.

Quando estiver em um evento interagindo com as pessoas, com base nos diferenciais e princípios da sua marca pessoal, certamente saberá como se diferenciar do todo.

Saber se posicionar de maneira assertiva e atraente, vai gerar diferenciação – não tenha dúvida.

Imagine quem será lembrado 10 dias após o evento: aquele que se apresentou como “oi, sou fulano e trabalho no setor de ONGs” ou aquele que se apresentou “sou fulano e tenho como propósito de vida e carreira promover ações que levem oportunidades de educação a comunidades carentes”?

E não termina aqui. Uma marca pessoal poderosa não só o beneficia profissionalmente. Quando você é interessante e notado pelas pessoas, sentirá que as pessoas se aproximarão em um nível pessoal, de amizade.

Sem se dar conta, sua vida começa a ser inundada de amigos os quais talvez não cruzassem o seu caminho se estivesse escondida em casa, ou se mostrasse como mais do mesmo.

4. O poder de alcance do seu negócio ou da carreira

O ser humano se relaciona com pessoas e não com empresas ou marcas.

Quando sua marca pessoal é forte e convincente, isso acaba gerando poder de atração para o seu negócio, mesmo que ao longo do caminho seja necessário rever o modelo de negócio ou segmento, tudo o que foi conquistado pela marca pessoal permanece.

Você ultrapassa a fase do “me compre, me compre, me compre” e chega no quase que êxtase de se deparar com “eu ouvi dizer que você é bom”.

Pessoas falando de você, porque você construiu uma imagem de confiança e credibilidade – valores imensuráveis para qualquer tipo de negócio.

É notório o fato de recrutadores checarem o perfil de candidatos nas redes sociais, porque querem conhecer mais sobre a pessoa e seus valores, além de entender se há sinergia entre a pessoa e a cultura da empresa.

É uma abordagem lógica para selecionar o candidato que apresente mais aderência ao todo. O candidato A tem um currículo impressionante.

O candidato B tem um currículo similarmente impressionante, mas sua forte marca pessoal é divulgada por meio de blog com artigos sobre tópicos relevantes para o negócio da empresa.

Adicionalmente, faz yoga ou corre em maratona e ainda atua com voluntário em comunidades carentes.

Quem tem mais chances de ser escolhido ou de participar de uma entrevista?

5. O encanto de atrair coisas boas

Quando abrimos o coração, criamos coragem e vamos para fora, com uma marca pessoal poderosa e atrativa, coisas boas acontecem.

É quase que um caminho natural, diante do imenso universo de possiblidades que há no mundo.

Como o processo todo é pautado em autoconhecimento, o resultado vem acompanhado de mais segurança e confiança em si próprio.

Desenvolver sua marca pessoal exige localizar e extrair de lá do fundo a sua voz autêntica, e neste pacote vêm junto a autoconfiança e autoestima, impulsionando o encontro com si próprio verdadeiro e para lá de significativo.

Scott Cook, cofundador da Intuit e membro do conselho de administração da E-bay Inc e da Procter Gamble, sabiamente, destacou que “uma marca não é mais o que ela diz que é, e sim o que os consumidores dizem uns aos outros sobre o que ela é”.

O que seu público, seguidores, fãs, clientes, consumidores estão falando de você? Quais elementos você está enviando para alimentar esta conversa? Pense nisso com muito carinho.

Busque o melhor em você.

Embale esse melhor num pacote bem bacana, com o laço da autenticidade. E saia do comum com a sua marca pessoal poderosa, porque ela é ÚNICA.

Fonte da imagem – European Business Review

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here