A Festa do Divino

A Festa do Divino Espírito Santo Traz Esperança ao Povo

31 de maio, Dia do Divino Espírito Santo

A festa do Divino Espírito Santo traz esperança ao povo, movimentando a Economia e estimulando vários serviços para as empreendedoras do Brasil.

Toda a empreendedora precisa conhecer o folclore e as tradições do país, onde mora, para entender melhor a sua clientela criando, assim, novos produtos e formas de trabalhar.

O festejo do Divino Espírito Santo, no mundo, começou numa promessa da rainha, D. Isabel de Aragão, por volta de 1320.

Ela teria prometido ao Divino Espírito Santo caminhar pelo planeta com uma réplica da coroa e uma pomba no alto dela, colhendo doações aos pobres, caso o marido, o rei D. Dinis, fizesse as pazes com seu filho legítimo, D. Afonso, herdeiro do trono.

A rainha foi atendida e assim começaram as celebrações em homenagem ao Divino Espírito Santo.

Aliás, a atitude dela evitou uma guerra chamada Batalha de Alvalade, que aconteceria entre pai e filho.

Essas comemorações costumavam ocorrer cinquenta dias após a Páscoa, celebrando o dia de Pentecostes, quando o Espírito Santo desceu do céu sobre a Virgem Maria e os apóstolos de Jesus em forma de línguas de fogo, conforme diz o Novo Testamento.

Desde o começo, as comemorações do Divino, festejadas no tempo das primeiras colheitas no calendário agrícola do hemisfério norte, são lembradas pela fé.

Essa celebração acende até hoje a esperança de uma Nova Era com liberdade, fraternidade e igualdade.

Então essa tradição veio de Portugal para o Brasil no começo do século XVI com a vinda de Dom Pedro I.

Os principais símbolos usados na Festa do Divino Espírito Santo são:

  1. Pomba Branca: pássaro mensageiro e possuidor dos sete dons: sabedoria, entendimento, ciência, conselho, fortaleza, piedade e temor de Deus.
  2. Fitas Coloridas: representam os sete dons do Espírito Santo.
  3. Bandeira: na tradição é confeccionada em damasco, um tecido forte e brilhante. Ela tem cor vermelha representando o fogo e a pomba branca no centro. Em algumas cidades do interior, após a quaresma, a bandeira visita as casas dos fiéis.
  4. Coroa com Cetro: representam a autoridade do imperador.
  5. Caixeiras: idosas que tocam caixas durante a festividade.

As procissões tradicionais, no interior, também são importantes e tem personagens:

  1. Festeiros: organizam a festa;
  2. Capitães de Mastro: cuidam do mastro de Pentecostes;
  3. Imperador: geralmente é representado por uma criança fazendo o papel do menino imperador;
  4. Rezadeiras: senhoras que fazem as rezas comunitárias;
  5. Abelhinhas e zangões: preparam a comida da festa;
  6. Lanterneiros: carregam as lanternas.

As danças também merecem destaques, as mais famosas são:

  1. Pau de Fitas: dança realizada durante a comemoração, onde uma ciranda de participantes orbita ao redor de um mastro central segurando em grandes fitas coloridas;
  2. Coquinhos: representam os filhos de escravos que dançavam para o Menino Imperador, esses dançarinos usam máscara e capuz. Em suas mãos têm coquinhos que batem durante toda a dança;
  3. Jardineiras: significam as vendedoras de flores. Essa dança é feita por um grupo de moças que levam nas mãos um arco florido;
  4. Lanceiros: significam os guardas do Menino Imperador, que dançam com lanças;
  5. Velhos: significam os antigos escravos que homenageiam o Menino Imperador. Eles usam: máscaras, roupas de rendas e castanholas;
  6. Marujos: significam os marinheiros da esquadra portuguesa. Eles dançam marchas;
  7. Camponesas, Pastoras e Ciganas: possuem vestidos rodados. Dançam com grandes lenços decorados com pombas pintadas e pandeiros.

Infelizmente, as tradições das festas e das Danças do Divino Espírito Santo estão se perdendo nas grandes cidades.

Mas, em Curitiba, eu como professora de Danças tenho feito de tudo para manter a tradição.

Quando chega o Dia do Divino Espírito Santo, meu grupo de coreografias e eu dançamos em sua homenagem.

Alguns dos meus vídeos sobre Danças da Festa do Divino:



 


Através desse artigo, concluímos que a festa do Divino Espírito Santo é uma comemoração importante porque movimenta a Economia e traz esperança ao povo através da fé.

Clique aqui e acesse, curta e compartilhe minhas outras matérias

Compartilhar

Facebook
Twitter
LinkedIn
Email
Telegram
Pular para o conteúdo