Antes de se relacionar com alguém, crie sua autorrelação amorosa!

0
480
Autorrelação amorosa

Quando criamos uma autorrelação amorosa com cumplicidade e gratidão, conseguimos atrair relacionamentos fenomenais em nossas vidas.

Olá Queridos Amigas(os)! Como estão vocês?

Hoje resolvi falar de um tema muito importante em nossas vidas, que é sobre relacionamento amoroso. Fantástico isso, quem não gostaria de ter um companheiro, alguém para dividir os momentos difíceis e principalmente as coisas boas.

Mas, será que é possível criar um relacionamento com alguém se não estamos em sintonia conosco? Você já se perguntou isso?

Como está o meu relacionamento comigo? Estou cuidando de mim? Estou sendo grata por ser eu? Estou feliz com a oportunidade de habitar este corpo?

Eu poderia citar inúmeras perguntas e tenho certeza que com uma dessas você iria se identificar e perceber que está perdendo a conexão com esse ser tão especial que é você.

“O primeiro passo para você ter um relacionamento Fantástico é criar o melhor e maior relacionamento com você mesmo(a). Sim, isso mesmo, COM VOCÊ.”

Quando você entra num estado de plenitude e comunhão consigo mesmo, você cria possibilidades e atrai relacionamentos, sejam amorosos, parcerias, amigos, clientes, prosperidade, abundância e tudo de magnífico que você esteja disposta(o) a receber.

Que tal a partir de hoje você iniciar o maior e mais grandioso relacionamento consigo mesmo(a)?

Mantenha um diálogo com seu corpo, pergunte a ele o que se requer para que ele esteja feliz e disposto, perceba o que te faz bem, o que é divertido para você.

Outra sugestão é ter gratidão pelo presente que é ser você. É ter um cuidado consigo, sendo a verdadeira bondade que espera que outros sejam com você. Quando for criado isso, aí sim você estará pronto(a) para ter um grande companheiro(a) ao seu lado.

Eu sempre busquei relacionamentos com pré-definições, do tipo, eu quero alguém assim ou assado. E não é que eu encontrava (risos), e tudo era maravilhoso, até que o tempo passava e lá vinham as outras coisas, que eu considerava na época como defeitos, que colocavam todas as minhas expectativas naquele relacionamento por água a baixo. Ufa!!

Expectativas, essa palavra por sinal saiu do meu dicionário, pois ela me trazia uma ansiedade e sensação de frustração quando o que eu desejava não era realizado da maneira que eu buscava.

Eu aprendi a soltar isso, a confiar na bondade e amorosidade que o universo estava disposto a me oferecer e que eu estava recusando. O que quero dizer com tudo isso?

Esse é um início para você modificar padrões que aprendemos como certo ou errado.
Para um relacionamento não requer uma receita, não existe uma pessoa certa, com fórmulas que ajustamos para se adequarem ao que criamos como corretos para nós.

O perfeito está em se impressionar com o imperfeito, em ver como pessoas diferentes somam na vida uma das outras.

Quando eu realmente confiei e deixei o universo agir, recebi o maior presente.

Perguntei: onde e como eu posso criar um relacionamento além do que eu possa imaginar?

Não criei expectativas, não criei julgamentos, não escolhi como ele seria, apenas abrir a minha percepção.

Aqui vão algumas perguntas para você primeiro utilizar para reacender o seu amor próprio:
  • Como posso criar a união total comigo e meu corpo?
  • O que mais eu poderia adicionar a minha vida que seria divertido para mim?
  • O que eu gostaria de criar em minha vida?
  • Quais dons e talentos eu tenho que ainda não reconheci?
  • Quais as possibilidades de ter um relacionamento inimaginável e fantástico comigo mesmo?
E não esqueça, quando for iniciar um relacionamento também fazer algumas perguntinhas básicas:
  • Esse relacionamento será uma contribuição na minha vida?
  • Que possibilidades existem para mim?
  • Este relacionamento será divertido?
  • Serei mais feliz?
  • Aprenderei alguma coisa?
  • Este relacionamento vai criar abundância?

E que venham muitas criações na vida de todos vocês!!

Sejam seu maior presente

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here